Estados do Sul do Brasil ainda terão muita chuva até este sábado (14)

Publicado em 13/10/2017 10:16 e atualizado em 13/10/2017 20:04
2586 exibições
Veja também: Granizo em regiões do Paraguai

LOGO nalogo

A região Sul do Brasil tem recebido chuvas fortes desde terça-feira (10), de acordo com institutos meteorológicos. Os maiores acumulados foram registrados nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Teve cidade gaúcha com acumulado de quase 90 milímetros em 24 horas. Mais do que a média mensal (Veja a tabela abaixo) De acordo com mapas do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), instabilidades são previstas na região pelo menos até sábado (14), com precipitações de até 30 milímetros. (Veja o mapa abaixo)

Os estados do Sul do país são importantes produtores de grãos. Portanto, esse cenário deve complicar ainda mais a vida dos agricultores de trigo e aveia que estão em colheita e também o plantio da soja, milho e arroz em toda a região. Na terça-feira (11), pelo menos três municípios da Região Noroeste do Rio Grande do Sul tiveram prejuízos em lavouras de milho, trigo e soja devido as condições climáticas adversas, inclusive com ocorrência de granizo.

Leia mais:
» Interior de Giruá (RS) sofre prejuízos com granizo

Queda de granizo em Giruá Queda de granizo em Giruá Queda de granizo em Giruá

Enquanto isso, o tempo segue aberto em praticamente todas as origens produtoras brasileiras nas próximas 24 horas.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (14/10 a 16/10) para o todo do Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (14/10 a 16/10) para o todo do Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

De acordo com boletim da Defesa Civil do Rio Grande do Sul, 24 cidades do estado decretaram estado de emergência por conta das chuvas e ventos fortes no estado até quinta (12). Novas cidades tiveram ocorrência de granizo, mas sem prejuízos em lavouras. O Inmet emitiu alerta nesta sexta de perigo potencial com altos acumulados de chuva na região. "Chuva entre 20 a 30 milímetros por hora ou até 50 milímetros por dia. Baixo risco de alagamentos e pequenos deslizamentos, em cidades com tais áreas de risco", afirma o Instituto.

Veja os maiores acumulados de chuva de 11/10 a 12/10:

Maiores acumulados de chuva de 11/10 a 12/10 - Fonte: Climatempo
Fonte: Climatempo

Áreas do RS já tem acumulados de até 100 milímetros nos últimos cinco dias. (Veja o mapa abaixo)

As principais áreas afetadas serão: Planalto Norte Catarinense, Campanha, Oeste Catarinense, Vale Do Itajai, Grande Florianópolis, Planalto Sul Catarinense, Litoral Sul Catarinense, Encosta Do Sudeste, Serra Do Sudeste, Depressão Central, Encosta Inferior Do Nordeste, Encosta Superior Do Nordeste, Campos De Cima Da Serra, Planalto Médio, Missões, Alto Uruguai, Litoral Gaúcho, Meio-Oeste Catarinense, Litoral Norte Catarinense. Quase todo o Paraguai e parte da Argentina estão nessa área de instabilidade.

Veja o mapa de precipitação acumulada para todo o Brasil nos últimos cinco dias:

Mapa de precipitação acumulada para todo o Brasil nos últimos cinco dias - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Safra de verão é atingida por granizo em regiões do Paraguai

O Notícias Agrícolas recebeu algumas fotos relatando granizo na noite de ontem (12) em áreas produtivas na região de Santa Rosa del Monday, no departamento de Alto Paraná, Paraguai.

De acordo com Marcio Giordani Mattei, produtor rural da região, a área atingida foi pequena, com cerca de 1000 hectares atingidos. As áreas, plantadas com soja e milho, pertenciam a pequenos produtores, cujas perdas ainda não foram calculadas.

Confira fotos:

  

Entretanto, no último sábado (7), o granizo atingiu o norte do país, na região de Curuguaty, no departamento de Canindeyú. Foram cerca de 6 a 7 mil hectares atingidos, com perdas chegando a 100% para o milho.

Confira fotos e um vídeo enviado por Mattei:

  

 

Próximos dias

A Direção de Meteorologia do Paraguai emitiu um boletim que alerta sobre tormentas se estendendo sobre o centro e o sul da região oriental do país, além do Chaco.

Devido a essas condições, não são descartadas condições de tempo severo de forma pontual durante esta sexta-feira (13).

Os departamentos afetados são Itapuã, Misiones, sul de Paraguari, leste de Ñeembucí, Presidente Hayes, Alto Paraguay e leste de Boquerón.

Os ventos serão de moderados a fortes. Contudo, há uma menor probabilidade de queda de granizo. As informações são do Paraguay.com.

 

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário