Clima: Chuvas volumosas chegam a região do Matopiba a partir desta 5ª feira e melhoram condições para plantio

Publicado em 30/11/2017 09:56
3435 exibições

LOGO nalogo

A previsão do tempo mostra chuvas, em volumes significativos, até o fim de semana em praticamente toda a região do Matopiba (Maranhão, Piauí, Tocantins e Bahia). O destaque é para a Bahia, com até 100 mm acumulados entre 30/11 e 04/12, segundo mapa da Climatempo. As precipitações acontecem com mudança na circulação dos ventos e frente fria.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (01/12 a 02/12) para todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (01/12 a 03/12) para todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

As regiões Oeste e Sul do estado da Bahia devem ser as mais beneficiadas com as chuvas desde cedo, com muita nebulosidade, e pancadas de chuva de moderada a alta intensidade a qualquer momento do dia e acompanhadas de raios. Segundo a Climatempo, pode chover forte em Vitória da Conquista (BA), Barreiras (BA), Bom Jesus da Lapa (BA) e Luís Eduardo Magalhães (BA).

Com as chuvas recentes na região Sudeste e mesmo Nordeste, o reservatório de Sobradinho já mostra reação com registro de 2,62% da sua capacidade na terça-feira (28) ante menos de 2% no início de novembro, de acordo com dados de agências da Bacia Hidrográfica do São Francisco.

Previsão de chuvas acumuladas de 30/11 a 04/12 - Fonte: Climatempo
Fonte: Climatempo

A região Centro-Oeste também tem previsão de chuvas para os próximos dias. Os produtores devem estar atentos com as previsões específicas para suas regiões. Essas condições gerais, no entanto, devem garantir maior umidade no solo e avanço nos trabalhos de plantio da safra 2017/18 e garantir desenvolvimento das lavouras já semeadas.

Leia mais:
» Clima: Instabilidades favorecem ocorrência de chuvas nos próximos dias no Norte e Centro-Oeste

A Somar Meteorologia prevê que as chuvas reduzam em dezembro no Matopiba. "Instabilidades ainda provocam pancadas de chuva na região, mas algumas áreas de cultivo podem ser impactadas por falta de chuva pontual pelo menos na primeira semana do mês", afirma a técnica em meteorologia Patricia Vieira.

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário