Tempo: Modelo do Inmet e americano não preveem chuvas volumosas em áreas de safrinha do Brasil durante esta semana

Publicado em 07/05/2018 11:29 5801 exibições

Área com perdas de milho na região de Iguaraçu (PR). Envio de Gustavo Munhoz
Área com perdas de milho na região de Iguaraçu (PR). Envio de Gustavo Munhoz

LOGO nalogo

As chuvas seguem restritas na maior parte do Brasil, conforme mostram os mapas de chuva acumulada dos últimos dias. Modelos não mostram chuvas volumosas na maior parte das regiões produtoras durante esta semana. Há previsão somente de precipitações isoladas e pouco volumosas no Sul. As lavouras de milho já sofrem os reflexos das condições climáticas adversas.

"Parte dos milharais do Paraguai, do Paraná, do sul de Mato Grosso do Sul e do oeste de São Paulo já está pendoando e precisa da chuva para o enchimento de grãos. Esta fase já começou há algum tempo e sem a chuva das semanas anteriores parte da produção dos agricultores já é tida como perdida. Ainda é cedo para fechar em valores percentuais, mas alguns já falam em perdas entre 30 e 40%", informa a Climatempo.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 174 horas (08/05 a 14/05) para todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 174 horas (08/05 a 14/05) para todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Conforme mostra o modelo Cosmo do Inmet, o tempo seguirá aberto na maior parte da semana sobre as áreas produtoras de milho safrinha pelo Brasil. Somente a partir do dia 10, áreas de instabilidades avançam a partir do Sul do país e as chuvas ainda ficam mais concentradas sobre a região. Apesar de voltarem e amenizarem preocupações, as chuvas não serão volumosas e o restante das áreas segue com tempo aberto.

O modelo americano também não mostra chuvas nos próximos dias, conforme informa a consultoria AgResource. "Nos mapas climáticos atualizados para os próximos 5 dias, nenhuma variação expressiva é observada para o Brasil. No geral, a falta de precipitações continua sendo o fator mais presente para toda a região produtora de safrinha no país. Além do mais, a região do MATOPIBA segue sob céu aberto, avançando para os passos finais da colheita da soja", disse.

Mapa AgResource
Fonte: AgResource

A Climatempo, por sua vez, afirma que "a chuva aos poucos deve voltar aos poucos sobre as regiões produtoras brasileiras, já há registros de precipitações no Norte do Paraguai, divisa com o Mato Grosso do Sul. "A chuva deve ser consistente para todas essas áreas na segunda quinzena deste mês, mas ela volta um pouco mais cedo ao Paraguai e Paraná (já a partir do dia 10)", noticiou.

Mapa Climatempo

Mapa Climatempo

Mapa Climatempo
Fonte: Climatempo

A preocupação dos produtores e especialistas com a condição da safrinha é grande. Segundo Edmar Gervásio, analista de milho do Deral (Departamento de Economia Rural) do Paraná, algumas regiões do estado estão sem chuvas há mais de 30 dias e o clima nesta semana será decisivo para as lavouras, já que elas ainda podem apresentar recuperação. O órgão ainda trabalha com projeção de 12 mi de toneladas para essa safra.

Veja mais:
» Clima na próxima semana será decisivo para as lavouras de milho safrinha no Paraná

Na região do Sul do estado do Mato Grosso do Sul, os produtores rurais também seguem preocupados com a estiagem. De acordo com o Presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho do estado do Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS), Juliano Schmaedecke, tem regiões que estão sem chuvas há mais de 30 dias. "Por conta da estiagem, muitas lavouras têm problemas com a requeima que está até a altura das espigas. Além disso, o cereal está entrando em fase de pendoamento em plena seca, e assim, acaba não tendo formação de espigas", afirma.

Veja mais:
» Milho: Com quebra já consolidada em algumas áreas, produtores de MS esperam chuvas para estagnar perdas na safrinha

Veja o mapa com precipitação acumulada nos últimos 15 dias em todo o Brasil:

Mapa com precipitação acumulada nos últimos 15 dias em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Colheita soja safrinha em Santo Antonio das Missões (RS). Envio de Wilson Ghedini Jr.

Colheita soja safrinha em Santo Antonio das Missões (RS). Envio de Wilson Ghedini Jr.​

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário