Tempo: Neva no RS na 4ª e forte massa polar se aproxima do Sul e Sudeste a partir do final de semana

Publicado em 05/07/2018 11:10 e atualizado em 10/07/2018 10:58
3502 exibições

LOGO nalogo

O frio intenso segue sendo registrado em áreas do Sul do Brasil, principalmente nas próximas da fronteira com o Uruguai, além da Argentina. Segundo informação da Climatempo, inclusive, chegou a nevar de forma granular na manhã de quarta-feira (4) na cidade de Pinheiro Machado (RS). Uma forte massa polar se aproxima do estado nos próximos dias.

O registro da queda dos flocos de neve em Pinheiro Machado (RS) foi feito por um grupo de meteorologistas da Universidade Federal de Pelotas (UFPEL). As imagens são de Allef Caetano. Meteorologistas explicam que a ocorrência do fenômeno se deu por conta do frio intenso e o excesso de umidade, mas a circulação dos ventos não deixou o ar polar avançar para a faixa central do país.

Dados do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) mostram as 10 menores temperaturas registradas ontem no país estão no Rio Grande do Sul. São elas: Canguçu: 1,5°C, São José dos Ausentes: 2,2°C, Bagé: 2,4°C, Canela: 2,6°C, Caçapava do Sul: 2,7°C, Bagé: 2,8°C, Encruzilhada do Sul: 3,0°C, Jaguarão: 3,3°C, Caxias do Sul: 4,0°C, Camaquã: 4,2°C.

A Argentina também tem registrado baixas temperaturas nos últimos dias. Nesta quarta-feira, por exemplo, a neve também surpreendeu os moradores de La Plata, cidade próxima de Buenos Aires, segundo informações da Climatempo com base em informativos meteorológicos enviados pelos aeroportos locais.

Informações do portal argentino Agrovoz também apontam a ocorrência de geadas na última terça-feira (03) no país, que se concentrou no Sul e Sudeste da província de Córdoba, com uma temperatura que atingiu -4,1°C na Villa Huidobro (Departamento General Roca).

O modelo Cosmo do Inmet mostra que o frio deve persistir nesta quinta-feira (05) no Sul, no entanto, as temperaturas no estado devem aumentar até o final da semana. Quando, de acordo com a Climatempo, uma massa de frio de origem polar muito forte deve avançar sobre a Argentina com potencial de chegar ao Sul e até partes do Sudeste do Brasil.

Essa condição já preocupa produtores no Sul do país. "Se as condições meteorológicas se confirmarem, o fenômeno desta vez poderia ocorrer nos dias 9 ou 10 de julho, em áreas das serras do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Mesmo assim, esta possibilidade de neve seria para cidades mais elevadas da serra", noticiou a empresa meteorológica.

Veja o mapa com a previsão de temperatura mínima para até 72 horas (05/07 a 08/07) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de temperatura mínima para até 72 horas (05/07 a 08/07) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Pôr do sol no estado de Santa Catarina . Envio de Paulo Marcelo Adamek
Pôr do sol no estado de Santa Catarina . Envio de Paulo Marcelo Adamek

Fazenda em Laguna Carapã (MS). Envio de Antonio Rodrigues
Fazenda em Laguna Carapã (MS). Envio de Antonio Rodrigues​

Percevejo na cultura do trigo em Nova Fátima (PR). Envio de Willian Ap. Schiavinato
Percevejo na cultura do trigo em Nova Fátima (PR). Envio de Willian Ap. Schiavinato

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário