Tempo: Temperaturas caem forte no Centro-Sul do Brasil e Santa Catarina registra neve nesta 3ª feira

Publicado em 10/07/2018 18:48
3750 exibições

LOGO nalogo

O frio se acentuou nesta terça-feira (10) sobre o Centro-Sul do Brasil com o avanço de uma frente fria junto com uma forte massa de ar frio de origem polar. As regiões Sul e Centro-Oeste são as mais impactadas pela condição, segundo meteorologistas, mas ao longo do dia o ar polar se espalha para outras localidades.

Levantamento do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) mostra que as cinco menores temperaturas no país nas primeiras horas desta terça-feira estão na região Sul. Castro (PR): 2,3°C, Irati (PR): 3,0°C, Uruguaiana (RS): 3,2°C, Ivai (PR): 4,0°C e São Luiz Gonzaga (RS): 4,3°C. O vento acaba aumentando a sensação de frio.

Veja o mapa com a previsão de temperatura mínima para até 42 horas (10/07 a 12/07) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de temperatura mínima para até 42 horas (10/07 a 12/07) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Com o frio e umidade na região, relatos dão conta que nevou nesta madrugada em áreas de Santa Catarina, como na Serra do Rio do Rastro, em Lauro Müller, e no Morro das Torres, em Urupema. Mas no Morro da Igreja, em Bom Jardim da Serra, nevou mais forte. É o registro da primeira neve acumulada do ano. As informações são do site regional NSC Total. (Veja as imagens abaixo)

A Climatempo destaca que a possibilidade de neve é baixa no Sul, mas não está descartada. "Se algum destes fenômenos relacionados ao intenso frio úmido ocorrer, será em poucos locais, preferencialmente nas áreas mais elevadas das serras gaúcha e catarinense, acima de 1000 metros de altitude", noticiou.

Neve acumulou na estrada que leva ao Morro da Igreja - Foto: Mario - Via São Joaquim Online
Neve acumulou na estrada que leva ao Morro da Igreja - Foto: Mario - Via São Joaquim Online

Neve acumulada em Bom Jardim da Serra - Foto: Mario - via São Joaquim Online
Neve acumulada em Bom Jardim da Serra - Foto: Mario - via São Joaquim Online

Registro da neve em Mundo Novo e Morro da Igreja, em Ubirici (SC) - Foto: Flávio Peron/Metsul
Registro da neve em Mundo Novo e Morro da Igreja, em Ubirici (SC) - Foto: Flávio Peron/Metsul

A empresa meteorológica afirma ainda que esse ar polar deve se espalhar ao longo do dia pelo país, já que o frio mais intenso tem sido registrado no Sul e Centro-Oeste até o momento. "O ar polar se espalha e derruba as temperaturas até no sul da Amazônia. Espera-se friagem na manhã desta terça no Acre, em Rondônia e no sul do Amazonas".

Em entrevista ao Notícias Agrícolas, na segunda-feira (09), Mamedes Luiz Melo, meteorologista do Inmet, já havia adiantado essa previsão de mais frio no Centro-Sul do país. Geadas moderadas podem atingir os estados do Sul do país nos próximos dias, mas também haverá queda de temperatura no Sudeste e possibilidade de geadas fracas.

Veja mais:
» Geadas moderadas podem atingir os estados do Sul do país nos próximos dias. Serra da Mantiqueira com geada fraca na sexta-feira

Veja o mapa do risco geada nesta terça-feira (10) em todo o Brasil:

Mapa do risco geada nesta terça-feira (10) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

As áreas em azul apresentam chances de geadas fracas e as em amarelo moderada.

Trigo da Sra Aparecida Advente em Nova Aurora (PR). Envio de Carlos Ribeiro
Trigo da Sra Aparecida Advente em Nova Aurora (PR). Envio de Carlos Ribeiro

Dia de Campo de colheita de milho safrinha em Rio Verde (GO). Envio de Alex Zamonaro
Dia de Campo de colheita de milho safrinha em Rio Verde (GO). Envio de Alex Zamonaro

Dia de Campo de colheita de milho safrinha em Rio Verde (GO). Envio de Alex Zamonaro
Dia de Campo de colheita de milho safrinha em Rio Verde (GO). Envio de Alex Zamonaro

Colheita NS50PRO2 em Sinop (MT). Envio do Engenheiro Agrônomo Daniel Bogorni
Colheita NS50PRO2 em Sinop (MT). Envio do Engenheiro Agrônomo Daniel Bogorni​

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário