Tempo: Neva na serra catarinense e frio toma o Centro-Sul do país com chances de geadas

Publicado em 10/08/2018 11:35 e atualizado em 10/08/2018 19:08
1248 exibições

LOGO nalogo

A previsão de neve em áreas da região Sul do Brasil foi confirmada nesta quinta-feira (09) com a condição sendo registrada em áreas serraneas. (Veja imagens abaixo) Até o momento, não há informações de danos em lavouras da região. O frio continua sobre o Centro-Sul do país nos próximos dias com chances de geadas no Sudeste.

"Na região de Urubici, na parte mais elevada da serra catarinense, começou a nevar durante a tarde e por volta das 17 horas e já dava para perceber acumulação da neve nos campos. Pela manhã, a região de Caxias do Sul, na parte mais baixa da serra gaúcha registrou chuvisco congelado", informou a Climatempo.

Dados do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a cidade de Bom Jesus (RS) registrou mínima de -1,2°C ontem. Uruguaiana (RS): 2,3°C, Logoa Vermelha (RS): 2,6°C, Castro (PR): 2,7°C, Ivai (PR): 3,0°C, Passo Fundo (RS): 3,1°C, Caxias do Sul (RS): 3,2°C, Cruz Alta (RS): 3,6°C, Irati (PR): 4,4°C e Encruzilhada do Sul (RS): 5,0°C.

Veja o mapa com a previsão de temperatura mínima para até 72 horas (11/08 a 13/08) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de temperatura mínima para até 72 horas (11/08 a 13/08) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Segundo previsões do Inmet, o frio deve continuar intenso nos próximos dias na maior parte da região Centro-Sul do país, com queda de entre 3°C e 5°C em áreas do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Pode gear amanhã (11), inclusive, no Sul e Sudoeste de Minas Gerais, de acordo com previsões do instituto.

A Climatempo alerta ainda que pode nevar sobre as serras gaúchas e catarinense nesta sexta-feira (10). As condições de neve estão relacionadas a presença de um ciclone extratropical entre a costa da região Sul e Uruguai aliada a caracterização de uma forte massa de ar frio de origem polar.

Neve nesta quinta-feira em Urupema (SC) - Foto: Gabriela Machado/ Reprodução Redes Sociais Neve nesta quinta-feira em Urubici (SC) - Foto: Fernando Keiser/ Reprodução Climatempo Neve nesta quinta-feira em Urubici (SC) - Foto: Fernando Keiser/ Reprodução Climatempo

"A possibilidade de nevar é considerada para as regiões mais elevadas, acima de 1000 metros de altitude, das serras entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Além de flocos de neve, há condições para ocorrer outras precipitações de inverno como chuva congelada, neve granular e chuva congelante", afirma a empresa meteorológica.

Com o ar seco e frio polar sobre o Sul do país, geadas podem ser registradas após a neve em áreas da região. "No sábado, 11, a geada pode ser até de forte intensidade. Deve gear de forma generalizada no Paraná, no centro-oeste e sul de Santa Catarina, no norte e oeste do Rio Grande do Sul", explicou a Climatempo.

Veja o mapa das áreas com precipitação acumulada nas últimas 24 horas em todo o Brasil:

Mapa das áreas com precipitação acumulada nas últimas 24 horas em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Pé de manga em floração em Sulina (PR). Envio de Cristiano Willenborg
Pé de manga em floração em Sulina (PR). Envio de Cristiano Willenborg​

Nuvens de neve com ar polar chegando a Santa Catarina, foto em Itaiópolis (SC). Envio de Paulo Marcelo Adamek
Nuvens de neve com ar polar chegando a Santa Catarina, foto em Itaiópolis (SC). Envio de Paulo Marcelo Adamek

Colheita de milho Fazenda Jotabasso em Ponta Porã (MS). Envio de colaborador, técnico agrícola Diego Rafael Drews
Colheita de milho Fazenda Jotabasso em Ponta Porã (MS). Envio de colaborador, técnico agrícola Diego Rafael Drews

Colheita de milho Fazenda Jotabasso em Ponta Porã (MS). Envio de colaborador, técnico agrícola Diego Rafael Drews
Colheita de milho Fazenda Jotabasso em Ponta Porã (MS). Envio de colaborador, técnico agrícola Diego Rafael Drews​

Colheita de soja em Macapá (AP). Envio de Produtor Adriano Santana
Colheita de soja em Macapá (AP). Envio de Produtor Adriano Santana​

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário