Tempo: Chuvas fortes causam estragos em 16 cidades do RS e gados morrem eletrecutados; veja fotos

Publicado em 03/10/2018 10:42
3239 exibições

LOGO nalogo

O avanço de uma frente fria sobre o Sul do Brasil nas últimas horas provocou chuvas fortes nos três estados da região. No Rio Grande do Sul, onde estão os casos mais extremos, 16 cidades foram atingidas pelos temporais, 148 casas tiveram danos, gados morreram eletrecutados e lavouras de fumo também foram afetadas nos últimos dias. Não há feridos.

Segundo o site G1 regional, com base em informações da Defesa Civil local, Santo Antônio das Missões, cidade no Noroeste do Rio Grande do Sul, teve o registro de 18 vacas que morreram eletrocutadas após temporal na madrugada de domingo (30) para segunda-feira (1º). Os gados foram enterrados ontem e o prejuízo estimado é de R$ 40 mil.

Em outras cidade gaúchas, casas foram destelhadas com chuvas e ventos fortes e em algumas localidades houve até queda de granizo. De acordo com boletim divulgado pela Defesa Civil na manhã de terça-feira (02), 146 casas haviam sido afetadas até o momento com as chuvas dos últimos dias somente no estado do Rio Grande do Sul (Veja fotos e vídeos abaixo).

Danos causados por chuva e ventos fortes em Santo Antônio das Missões (RS) - Foto: Rosane Marques Fabrício/Arquivo pessoal Danos causados por chuva e ventos fortes em Santo Antônio das Missões (RS) - Foto: Rosane Marques Fabrício/Arquivo pessoal Danos causados pela chuva forte em Lagoa Vermelha (RS) - Foto:  Corpo de Bombeiros de Lagoa Vermelha/DivulgaçãoChuva de granizo registrada em Novo Machado (RS) - Foto: Leandro Stefanski

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (04/10 a 06/10) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (04/10 a 06/10) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Mais chuvas são esperadas na região Sul nos próximos dias, conforme mostra o modelo Cosmo. "A instabilidade irá manter o solo com bons níveis de umidade e favorecer o desenvolvimento das lavouras que estão em fase de desenvolvimento. Por outro lado, a chuva irá impossibilitar todas as atividades de campo", disse a Climatempo.

As instabilidades avançam sobre o Sul e devem também provocar chuvas em áreas na divisa de São Paulo e Mato Grosso do Sul. O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) alerta para a previsão de tempestades em áreas dos dois estados nesta quarta-feira (03) com chuvas entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 Km/h), e queda de granizo.

Apesar da chegada da chuva nessas regiões, a Climatempo ressalta que as precipitações em alguns locais devem cair na forma de pancadas irregulares e muitas áreas podem nem recebê-las. "Assim deve seguir o padrão meteorológico ao longo dos próximos dez dias", destacou a empresa meteorológica. As temperaturas seguirão altas.

Veja o mapa das áreas com previsão de tempestade nesta quarta-feira:

Mapa das áreas com previsão de tempestade nesta quarta-feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Leste Sul-Mato-Grossense, Presidente Prudente/Marília/Assis, Sul E Sudoeste Sul-Mato-Grossense, Pantanal Sul-Mato-Grossense, Centro Norte Sul-Mato-Grossense

Segundo mapas de precipitação do Inmet, algumas áreas da região Sul do país têm até 200 milímetros acumulados. Os cinco maiores volumes acumulados ontem (02) no país foram registrados em Foz do Iguaçu (PR): 63,2 mm, Rio Negrinho (SC): 45,4 mm, São Vicente do Sul (RS): 43,6 mm, Alegrete (RS): 42,8 mm e Clevelândia (PR): 40,6 mm.

Produtores seguem com o plantio da soja em Rondônia, em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Paraná. Já em áreas de Goiás, São Paulo e em Minas Gerais, onde o vazio sanitário terminou no último dia de setembro, segundo a Climatempo, produtores irão iniciar o plantio da oleaginosa já nesta semana por conta dos altos volumes nas últimas semanas.

Veja o mapa das áreas com precipitação acumulada nas últimas 24 horas:

Mapa das áreas com precipitação acumulada nas últimas 24 horas - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Ainda nesta quarta-feira, segundo o Inmet, é prevista baixa umidade em áreas da Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte.

Colhendo trigo em Piedade (SP).
Colhendo trigo em Piedade (SP).

Lavouras de soja nascidas da propriedade família Giacomim em Vitorino (PR). Envio de Jonatan Tayllel Soares
Lavouras de soja nascidas da propriedade família Giacomim em Vitorino (PR). Envio de Jonatan Tayllel Soares​

Excelente Germinação propriedade de Sidiano Bresolin em São João da Urtiga (RS). Envio de Alexandre Maitto
Excelente Germinação propriedade de Sidiano Bresolin em São João da Urtiga (RS). Envio de Alexandre Maitto​

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário