Tempo: Chuvas são previstas em áreas do Nordeste; BR central segue com precipitações isoladas

Publicado em 15/10/2018 10:55
2470 exibições

Imagem de satélite de todo o Brasil nesta segunda-feira (15) - Fonte: Inmet
Imagem de satélite de todo o Brasil nesta segunda-feira (15) - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

A chuva dá trégua neste início de semana na região Sul do Brasil. No entanto, as precipitações se espalham com mais força nos próximos dias sobre áreas centrais e do Nordeste do país, com chances de condições intensas. O plantio da safra de verão, apesar das instabilidades, tem avançado nas principais origens produtoras.

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) alerta para a condição de altos acumulados neste início de semana em áreas do Piauí. É prevista em localidades do estado chuvas entre 20 a 30 milímetros ou até 50 mm/dia. No entanto, segundo o centro meteorológico, é baixo o risco de alagamentos e pequenos deslizamentos, em cidades com tais áreas de risco.

Veja o mapa das áreas com previsão de acumulado de chuva nesta 2ª feira:

Mapa das áreas com previsão de acumulado de chuva nesta 2ª feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Sudeste Piauiense, Centro-Norte Piauiense, Sudoeste Piauiense, Oeste Baiano, São Francisco Baiano

Além do alerta, também são esperadas chuvas nesta segunda-feira no interior da Bahia, Maranhão, Ceará e Sertão de Pernambuco. "A maior quantidade de pancadas e as mais volumosas devem ocorrer entre o oeste da Bahia, o centro-sul do Maranhão e o centro-sul do Piauí", disse a Climatempo. Nos próximos dias, mais chuvas devem atingir a região.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (16/10 a 18/10) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (16/10 a 18/10) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Ainda segundo a empresa, a passagem de uma frente fria no Sul da Bahia causa mudanças na circulação dos ventos sobre o Nordeste e favorece as instabilidades sobre a região. "Pelo menos esta semana, os dias ensolarados e secos darão lugar a muitas nuvens e pancadas de chuva, que podem ser fortes em alguns locais", informa a Climatempo.

As chuvas irregulares em áreas centrais do Brasil nos últimos dias têm gerada cautela nos produtores que estão em planejamento para a safra de verão. "No Mato Grosso, o principal produtor brasileiro, segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), o avanço está acima da média dos últimos cinco anos", diz a Climatempo.

No estado, os trabalhos no campo estão em cerca de 4% da área projetada. Já no Paraná, onde a semeadura começou bem antes e que tem sido mais beneficiado com as precipitações dos últimos dias,  o ritmo de plantio está mais acelerado, constando cerca de 40% das áreas semeadas, segundo dados do Deral (Departamento de Economia Rural).

Segundo boletim da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária), em três semanas, o plantio da soja em Mato Grosso do Sul alcançou 13,9% dos 2,840 milhões de hectares esperados para a safra 2018/2019. Ou seja, aproximadamente 394.760 hectares semeados até o momento.

De acordo com a meteorologista da Climatempo, Graziella Gonçalves, o início do período úmido ainda está sendo marcado por muita irregularidade em todo o país. No início da segunda quinzena de outubro, ocorre uma melhora na distribuição da chuva, porém a regularidade só será vista a partir de novembro.

Mapas estendidos do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), nos Estados Unidos, mostram a tendência de chuvas pouco generalizadas sobre a faixa central do país entre 15 e 23 de outubro. Já entre 23 e 31 de outubro, uma condição mais úmida toma áreas mais centrais do país.

Veja o mapa com a precipitação acumulada para o período de 15 de outubro até 23 de outubro:

Mapa com a precipitação acumulada para o período de 15 de outubro até 23 de outubro - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

No domingo (14), chuvas volumosas foram registradas em diversas cidades pelo país. Os cinco maiores volumes no dia foram registrados em Gilbués (PI): 44,0 mm, Formoso do Rio Preto (BA): 41,6 mm, São Luís do Paraitinga (SP): 39,6 mm, Major Vieira (SC): 32,0 mm e Água Clara (MS): 31,6 mm.

Veja o mapa das áreas com a precipitação acumulada nas últimas 24 horas em todo o Brasil:

Mapa das áreas com a precipitação acumulada nas últimas 24 horas em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Ainda nesta segunda-feira, segundo o Inmet, é prevista baixa umidade de em áreas do Maranhão.

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário