Tempo: Matopiba recebe boas chuvas, mas irregularidade segue; Mais tempestades chegam ao Sul

Publicado em 18/10/2018 10:33
1564 exibições

Imagem de satélite de todo o Brasil nesta quinta-feira (18) - Fonte: Inmet
Imagem de satélite de todo o Brasil nesta quinta-feira (18) - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

A região do Matopiba registrou acumulados expressivos nas últimas 24 horas, conforme mostram mapas do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). As precipitações ainda seguem nos próximos dias na região, mas a irregularidade permanecerá. No Sul, mais tempestades são previstas nesta quinta-feira (18).

De acordo com o modelo Cosmo do Inmet, as chuvas devem seguir por algumas áreas do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia). Segundo Morgana Almeida, chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet, as precipitações, embora ainda não sejam bem distribuídas, representam uma mudança no quadro dos últimos dias.

No mapa dos acumulados dos últimos cinco dias, é possível verificar que a região do Matopiba recebeu volumes de até 150 milímetros. A meteorologista ainda ressaltou em entrevista ao Notícias Agrícolas que essas chuvas vêm para ajudar com o plantio da safra de verão do país, que avança em diversas áreas - contudo, é necessário manter o estado de alerta.

Veja mais:
» Chuvas voltam ao Matopiba, mas apesar de bons volumes devem seguir irregulares até o final de outubro

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (19/10 a 21/10) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (19/10 a 21/10) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Em áreas da região Sul do Brasil, segue a previsão de tempestades nesta quinta-feira. São esperadas chuvas entre 30 e 60 milímetros por hora ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos (60-100 Km/h), e queda de granizo em quase toda a região. Há risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos.

Veja o mapa das áreas com previsão de tempestade nesta 4ª feira:

Mapa das áreas com previsão de tempestade nesta 4ª feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Planalto Norte Catarinense, Campanha, Metropolitana De Curitiba, Oeste Catarinense, Vale Do Itajai, Planalto Sul Catarinense, Encosta Do Sudeste, Serra Do Sudeste, Depressão Central, Encosta Inferior Do Nordeste, Encosta Superior Do Nordeste, Campos De Cima Da Serra, Planalto Médio, Missões, Alto Uruguai, Central Paranaense, Norte Paranaense, Oeste Paranaense, Sudoeste Paranaense, Sul Paranaense, Litoral Gaúcho, Meio-Oeste Catarinense

A Climatempo havia apontado na véspera a chegada de uma frente fria à região Sul, o que aumentaria ainda mais as instabilidades. "Outra frente fria está prevista para chegar ao Sul na quinta-feira (18) e juntamente com a formação de mais áreas de instabilidade, permanece o alerta para temporais, especialmente sobre o oeste dos estados. A tendência é de tempo fechado e temporais", disse.

Apesar dos temporais poderem atrapalhar pontualmente os trabalhos de plantio no Sul, a Climatempo acredita que as precipitações devem contribuir para que os solos se mantenham com bons níveis de umidade com favorecimento tanto para a continuidade do plantio da soja e do milho 1ª safra, quanto o desenvolvimento das lavouras.

Ainda nesta quinta-feira, segundo o Inmet, também podem ocorrer tempestades em áreas do Mato Grosso do Sul e chuvas intensas em Minas Gerais.

Veja o mapa das áreas com a precipitação acumulada nas últimas 24 horas em todo o Brasil:

Mapa das áreas com a precipitação acumulada nas últimas 24 horas em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

2 comentários

  • Antonio Reginaldo de Sá Filho SALGUEIRO - PE

    Na minha região chove desde terça~feira e este indicador não mostra, só hoje foram 67 mm

    1
  • Dalzir Vitoria Uberlândia - MG

    Esta área de previsão do tempo tem muito a evoluir...lembram da previsão das moças do canal rural...para triângulo mineiro..

    Ia dar uma chuvinha em final de setembro...inicio de outubro...depois uma janela de tempo seco...voltando as chuvas com regularidade segunda quinzena de novembro... E tem mais não plantem pois vai secar durante este período...repetiram isto uns 4 meses...e foi tudo mentira...pois desde final de setembro tem chovido com regularidade...

    7