Tempo: Sem chuvas há dias, temperaturas se aproximam dos 40°C na região Sul do Brasil

Publicado em 12/12/2018 09:57 e atualizado em 13/12/2018 10:33
2510 exibições

Imagem de satélite de todo o Brasil nesta quarta-feira (12) - Fonte: Inmet
Imagem de satélite de todo o Brasil nesta quarta-feira (12) - Fonte: Inmet

Áreas da região Sul do Brasil estão há dias sem chuvas e o calor predomina. Diversas cidades do estado do Rio Grande do Sul registraram as maiores temperaturas de todo o país ontem (11), algumas próximas de 40°C. Produtores de soja do estado do Paraná, inclusive, estão em alerta com a falta de chuvas.

Precipitações retornam para a região Sul a partir desta quarta-feira (12), mas ainda ficam isoladas ao extremo Sul do Rio Grande do Sul. Na próxima semana, chuvas retornam ao Paraná, mas ainda de forma isolada e em baixos volumes, apenas próximo da semana do Natal há previsão de altos acumulados.

"Todo o Sul do Brasil esquentou muito e teve altas temperaturas.  No Rio Grande do Sul, a maior foi 39,3°C, em Campo Bom. Em Florianópolis, a maior temperatura no estado foi de 37,4°C em Urussanga. No Paraná, a temperatura mais elevada no estado foi de 36,7°C, em Foz do Iguaçu", informou a Climatempo.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 174 horas (13/12 a 19/12) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 174 horas (13/12 a 19/12) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), as cinco maiores máximas do país foram registradas no Rio Grande do Sul, mas também fez calor nos outros estados. São elas: Campo Bom: 39,3°C, Santa Maria (RS): 38,4°C, Teutonia (RS): 38,3°C, São Luiz Gonzaga (RS): 38,0°C e Porto Alegre (RS): 37,9°C.

"O calor vai continuar intenso no Sul do Brasil nesta quarta-feira, mas as maiores temperaturas na Região devem ser observadas em Santa Catarina e no Paraná. No Rio Grande do Sul, esta quarta-feira será bastante abafada, mas a temperatura tem uma ligeira queda por causa do aumento da nebulosidade e da chuva", noticiou a Climatempo.

Leia mais:
» Tempo: Chuvas volumosas retornam para o estado do Paraná somente na semana do Natal; produtores seguem em alerta

Cidades do Sul do país estão sem chuvas há vários dias, mas o Paraná tem a situação mais preocupante, com lavouras de soja da safra de verão 2018/19 já sendo afetadas pela seca. Segundo levantamento feito pela Reuters, nos últimas 15 dias, os acumulados de chuva ficaram abaixo da média em praticamente todo o Paraná e em parte de Mato Grosso do Sul.

Veja o mapa das áreas com a água disponível no solo em todo o Brasil:

Mapa das áreas com a água disponível no solo em todo o Brasil - Fonte: Climatempo
Fonte: Climatempo

"Devemos ter a volta das chuvas para a próxima semana, mas em baixos volumes. Mais perto do Natal podemos ter chuvas mais volumosas, então se essa condição se confirmar, acredito que o produtor não tenha perdas por estiagem, a não ser situações isoladas como no Noroeste do estado", destaca Nelson Harger, coordenador estadual de grãos da Emater/PR.

Em entrevista ao Notícias Agrícolas nesta terça-feira, Luiz Renato Lazinski, meteorologista do Inmet, disse que um bloqueio atmosférico impede o avanço de frentes frias pelo país. Com isso, a condição de tempo mais seco e quente ainda deve agravar mais a situação das lavouras no Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e São Paulo.

"Nós estamos com um período de mais de 20, 30 dias em algumas áreas sem chuvas, desde meados de novembro. Aquele pessoal que plantou aquela soja muito cedo, algumas áreas do Oeste e do Norte do Paraná, por exemplo, a soja já começa a florescer pega uma fase crítica", disse Lazinski. O meteorologista pondera que veranicos ocorrem nesta época do ano, mas este está prolongado.

Veja mais:
» Bloqueio atmosférico impede avanço de frentes frias, clima seco e quente deve agravar situação das lavouras no PR, SC, MS e SP

Veja o mapa de precipitação acumulada nos últimos 15 dias em todo o Brasil:

Mapa de precipitação acumulada nos últimos 15 dias em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

O Inmet emitiu alerta de tempestades nesta quarta-feira para o extremo Sul do Rio Grande do Sul. São esperadas chuvas entre 30 e 60 milímetros por hora ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos (60-100 Km/h), e queda de granizo. Há risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos.

Veja o mapa das áreas com alerta de tempestade nesta 4ª feira:

Mapa das áreas com alerta de tempestade nesta 4ª feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Campanha, Encosta Do Sudeste, Serra Do Sudeste, Depressão Central, Missões, Litoral Gaúcho

Segundo modelos estendidos do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), as precipitações ficarão concentradas sobre o Norte e partes do Sudeste e extremo Sul de 12 a 20 de dezembro. De 20 a 28 desse mês, os acumulados seguem nessa faixa, mas aparecem com mais força no extremo Norte do país e avança mais ao centro da região Sul e Sudeste.

Veja o mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 12 de dezembro até 28 de dezembro:

Mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 12 de dezembro até 28 de dezembro - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

Soja resistindo a seca em Cafelândia (PR). Envio de Álvaro Busetti
Soja resistindo a seca em Cafelândia (PR). Envio de Álvaro Busetti

Soja resistindo a seca em Cafelândia (PR). Envio de Álvaro Busetti
Soja resistindo a seca em Cafelândia (PR). Envio de Álvaro Busetti

Situação da soja em Terra Roxa (PR). Envio de Vinicius Zaura
Situação da soja em Terra Roxa (PR). Envio de Vinicius Zaura​

Situação crítica, soja morrendo por conta do sol em Laguna Carapa (MS). Envio de Antônio Rodrigues
Situação crítica, soja morrendo por conta do sol em Laguna Carapa (MS). Envio de Antônio Rodrigues​

Plantio de Café Catuaí 144 - Fazenda Conquista em Alpinópolis (MG). Envio de Rodrigo Reis de Azevedo
Plantio de Café Catuaí 144 - Fazenda Conquista em Alpinópolis (MG). Envio de Rodrigo Reis de Azevedo

Plantio de Café Catuaí 144 - Fazenda Conquista em Alpinópolis (MG). Envio de Rodrigo Reis de Azevedo
Plantio de Café Catuaí 144 - Fazenda Conquista em Alpinópolis (MG). Envio de Rodrigo Reis de Azevedo

Envie sua foto ou vídeo! Fale com a gente pelo WhatsApp (19) 99767-0241

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário