Tempo: Chuvas seguirão sobre Centro-Norte nos próximos dias; instabilidades deixam MG, ES, SP e RJ em alerta nesta 3ª

Publicado em 09/04/2019 11:15
958 exibições

Imagem de satélite de todo o Brasil nesta terça-feira (09) - Fonte: Inmet
Imagem de satélite de todo o Brasil nesta terça-feira (09) - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

As chuvas seguirão nos próximos dias sobre a faixa Centro-Norte do país, incluindo localidades produtoras, segundo os principais modelos meteorológicos. Os alertas para esta terça-feira (09) são para áreas da região Sudeste, incluindo os estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo.

"Um sistema de baixa pressão atmosférica atua ao largo da costa do Sudeste e vai estimular a entrada de umidade e a formação de nuvens carregadas primeiramente sobre Minas Gerais. Nesta terça-feira (9), a chuva mais forte e volumosa é esperada o sul mineiro e a região da Serra da Mantiqueira", noticiou a Climatempo.

De acordo com o modelo Cosmo do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), as precipitações seguirão sobre esses pontos da região Sudeste pelo menos até o final dessa semana. Com a condição, a colheita da soja em estados do Sudeste pode ser afetado. Em contrapartida, o café será beneficiado.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (10/04 a 12/04) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 72 horas (10/04 a 12/04) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

"Áreas de instabilidade começaram a ganhar força sobre o sul de Minas Gerais e o Triângulo Mineiro, com o retorno da chuva por essas regiões. A tendência é que as nuvens de chuva se espalhem mais sobre as demais áreas do estado de Minas Gerais", destacou a Climatempo sobre esta terça-feira.

Além disso, segundo a empresa meteorológica, outra mudança esperada no tempo é o retorno das chuvas fortes no Espírito Santo. "A presença da baixa pressão também vai provocar uma virada no tempo no Espírito Santo. À medida que o sistema se desloca pelo mar, os ventos conseguem trazer umidade e favorecer a formação das nuvens de chuva", disse.

Diante dessa mudança do tempo em áreas do Sudeste, o Inmet emitiu diversos alertas para a região. Em áreas de São Paulo e Minas Gerais, as chuvas ficam entre 30 a 60 mm/h ou 50 a 100 mm/dia. "Risco de alagamentos, deslizamentos de encostas, transbordamentos de rios, em cidades com tais áreas de risco", disse o Inmet.

Veja o mapa das áreas com alerta de acumulado de chuva nesta 3ª feira:

Mapa das áreas com alerta de acumulado de chuva nesta 3ª feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Vale Do Rio Doce, Metropolitana De Belo Horizonte, Zona Da Mata Mineira, Campo Das Vertentes De Minas, Oeste Mineiro

Veja o mapa das áreas com alerta de acumulado de chuva nesta 3ª feira:

Mapa das áreas com alerta de acumulado de chuva nesta 3ª feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Vale Do Paraíba/Litoral Norte, Metropolitana De Sao Paulo, Litoral Sul/Baixada Santista/Vale Do Ribeira

No Espírito Santo, são esperadas tempestades ao longo do dia. "Chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 Km/h), e queda de granizo. Baixo risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos", reportou o Inmet.

Veja o mapa das áreas com alerta de tempestade nesta 3ª feira:

Mapa das áreas com alerta de tempestade nesta 3ª feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Serrana Capixaba, Metropolitana De Vitória, Litoral Sul Capixaba, Central Sul/Caparaó Capixaba, Rio Doce Capixaba, Centro-Oeste Capixaba, Nordeste Capixaba, Noroeste Capixaba

Pontos do Rio de Janeiro também terão chuvas intensas ao longo do dia com grau de severidade de grande perigo. "Chuva superior a 60 mm/h ou maior que 100 mm/dia, ventos superiores a 100 Km/h. Grande risco de danos em edificações, corte de energia elétrica, de queda de árvores, descargas elétricas, alagamentos, enxurradas e grandes transtornos no transporte rodoviário", disse o Inmet.

Veja o mapa das áreas com alerta de chuvas intensas nesta 3ª feira:

Mapa das áreas com alerta de chuvas intensas nesta 3ª feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Costa Verde, Baixadas Litorâneas, Metropolitana Do Rio De Janeiro, Médio Paraíba

A cidade do Rio de Janeiro está em estado de crise por conta das chuvas nas últimas horas. Dados das primeiras horas desta terça-feira apontam que até às 11h no Forte de Copacabana choveu 288,0 mm. Vila Militar 137,0 mm e em Jacarepaguá: 128,6 mm. Parintins (AM): 124,0 mm e Santarém (PA): 110,6 mm.

Veja o mapa das áreas com precipitação acumulada nas últimas 24 horas:

Mapa das áreas com precipitação acumulada nas últimas 24 horas - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

De acordo com o mapa de previsão de chuvas do Inmet para os próximos sete dias, altos volumes devem seguir sobre áreas do Centro-Norte do país, com destaque para volumes acima de 150 mm em pontos do Centro-Oeste, Norte e Sudeste. Nesta nova atualização, o modelo traz chuvas menos volumosas para o Nordeste.

Veja o mapa de precipitação acumulada dos próximos 7 dias no Brasil:

Mapa de precipitação acumulada dos próximos 7 dias no Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Ainda nesta terça-feira, segundo o Inmet, há alerta de acumulado de chuvas para áreas de Amazonas e Pará.

Previsão estendida de chuvas para o Brasil

De acordo com o mapa de previsão estendida do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), no período de 09 até 17 de abril, as chuvas mais volumosas caem sobre áreas da faixa Centro-Norte do país, mas diminuem em pontos do Nordeste e Sul.

De 17 até 25 de abril, as precipitações voltam a se concentrar mais sobre áreas do Centro-Norte do Brasil, mas áreas do Sudeste e pontos centrais do país passam a ter uma condição mais firme.

Veja o mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 09 de abril até 25 de abril:

Mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 09 de abril até 25 de abril - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

» Clique e veja mais informações a página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário