Tempo: Frente fria avança e leva chuvas nesta 4ª ao PR, SC e partes de MS e SP; frio vem com geadas

Publicado em 26/06/2019 10:05 e atualizado em 26/06/2019 12:06
1416 exibições
Alerta de precipitações entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia e ventos intensos (40-60 Km/h); temperaturas caem até 5ºC em áreas de RS, MS e SP

Imagem de satélite nesta quarta-feira (26) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Imagem de satélite nesta quarta-feira (26) em todo o Brasil - Fonte: Inmet

Uma frente fria avança sobre o Centro-Sul do Brasil com áreas de baixa pressão sobre áreas da região Sul. A tendência é de que as precipitações avancem nos próximos dias e já podem causar chuvas fortes a partir desta quarta-feira (26) ainda no Sul e em partes do Sudeste e Centro-Oeste.

Segundo os principais modelos meteorológicos, é de que junto com as chuvas as temperaturas também voltem a cair nessas regiões do país. O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu alerta de declínio acentuada de temperatura para Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e São Paulo.

"Risco à saúde. Declínio maior que 5ºC", informou o Inmet em referência ao aviso de frio. O grau de severidade é de perigo.

Veja o mapa com a previsão de precipitação para até 93 horas (27/06 a 29/06) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação para até 93 horas (27/06 a 29/06) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Também há alerta do instituto meteorológico brasileiro de chuvas intensas para áreas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Mato Grosso do Sul. Apesar de não ter aviso emitido, não estão descartadas as chuvas em áreas do estado de São Paulo, mas elas serão menos volumosas.

"Chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 Km/h). Baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas", destacou o Inmet sobre as chuvas em partes do Sul e Centro-Oeste do país. O aviso é de perigo potencial.

Veja o mapa das áreas com alertas nesta 4ª feira em todo o país:

Mapa das áreas com alertas nesta 4ª feira em todo o país: Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Apesar das chuvas atrasarem sobre a região Sul do Brasil, elas estavam previstas para caírem fortes já ontem, ventos muito fortes foram registrados nas últimas horas sobre a região Sul com o deslocamento da frente fria entre o Paraguai, Norte da Argentina e Sul do Brasil e áreas de baixa pressão.

"Em Bom Jardim da Serra, na serra catarinense, diversas rajadas passaram dos 90 km/h desde a meia-noite até 15 horas do dia 23 de junho. Oito rajadas superaram os 100 km/h", destacou a Climatempo sobre os ventos fortes registrado pelo Inmet nas últimas horas.

Também houve registrado de rajadas vento menos acentuadas em áreas Mato Grosso do Sul e São Paulo. A expectativa é de que os ventos diminuam já nesta quarta-feira, mas o frio com uma massa de ar frio e as chuvas ainda podem ocorrer.

"Áreas de instabilidade da frente fria provocam chuva em todas as regiões do Paraná e de Santa Catarina, mas no Rio Grande do Sul só deve chover um pouco na madrugada e manhã na serra e no planalto", destacou a Climatempo. A queda de temperatura pode causar geadas no Sul.

As culturas de inverno estão em plantio e desenvolvimento neste momento na região Sul do Brasil e o clima seco nos últimos dias preocupou produtores. Segundo Eduardo Medeiros, presidente do Sindicato Rural de Castro/PR, as chuvas desta semana devem ajudar no início do desenvolvimento das culturas na região.

Veja o mapa com a previsão de geada para quarta-feira (26):

Mapa com a previsão de geada para quarta-feira (26) - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Veja o mapa com a previsão de geada para quinta-feira (27):

Mapa com a previsão de geada para quinta-feira (27) - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Em São Paulo, há expectativa de que a frente fria chegue fraca. "Nesta quarta-feira, 26 de junho, o estado de São Paulo tem um dia de pré-frontal, com sol pela manhã, fortes rajadas de vento e calor. A frente fria chega ao estado enfraquecida, com previsão de pouca chuva e pequena queda da temperatura", afirma a empresa meteorológica.

Enquanto isso, em Mato Grosso do Sul, as chuvas conseguem romper a massa de ar seco no Centro-Oeste. "Uma grande massa de ar seco ainda influencia o Centro-Oeste. Mas o avanço de uma frente fria sobre da Região Sul para o Centro-Oeste do país aumenta as condições para chuva em MS e em parte de MT", disse.

Nos próximos sete dias, de 26 de junho até 03 de julho, a previsão do tempo aponta que chuvas de moderada até forte intensidade vão se acumular sobre áreas do Centro-Sul do Brasil, incluindo partes do Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Também chove forte sobre o Norte. Na maior parte do país, segue o tempo firme.

Veja o mapa das áreas com a previsão de precipitação acumulada para os próximos 7 dias:

Mapa das áreas com a previsão de precipitação acumulada para os próximos 7 dias - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Previsão estendida de chuvas para o Brasil

De acordo com o mapa de previsão estendida do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), no período de 25 até 04 de julho, as chuvas mais volumosas caem sobre áreas da faixa Norte do país, mas também voltam leves ao Sudeste e mais fortes ao Sul.

De 04 de julho até 12 de julho, as precipitações mais volumosas voltam a se concentrar sobre áreas ao extremo Norte do Brasil, seguem sobre áreas do Sudeste e Centro-Oeste e diminuem no Sul. A maior parte da região central do país terá tempo firme.

Veja o mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 26 até 12 de julho:

Mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 26 até 12 de julho - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

Finalizando a semeadura do trigo em Palmeira das Missões (RS). Envio de Diego Camara
Finalizando a semeadura do trigo em Palmeira das Missões (RS). Envio de Diego Camara

Foto em Rio Verde (GO). Envio de Alex Zamonaro.
Foto em Rio Verde (GO). Envio de Alex Zamonaro.

Milho safrinha em Tocantins. Envio de Pedro Afonso.
Milho safrinha em Tocantins. Envio de Pedro Afonso.

Colheita Milho 2ª Safra em Sapezal (MT). Envio do Eng. Agrônomo Marcos Bortolon
Colheita Milho 2ª Safra em Sapezal (MT). Envio do Eng. Agrônomo Marcos Bortolon

Clique e envie sua foto ou vídeo! Mande também através do WhatsApp (19) 99767-0241, pelo Instagram@jornalistadotempo ou com a #jornalistadotempo

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião | Instagram @jornalistadotempo
Fonte: Notícia Agrícolas

0 comentário