Inmet e CPTEC/INPE dão suas previsões para os próximos três meses; período do início da safra de grãos no BR

Publicado em 09/08/2019 10:56 e atualizado em 12/08/2019 10:39
23546 exibições
Na maior parte do Brasil, vazio sanitário se encerra em setembro e produtores voltam-se para o clima

LOGO nalogo

O início do plantio da safra de grãos ocorre a partir da segunda quinzena do mês de setembro na maior parte do Brasil. Condições adversas nos últimos anos impactaram a condição de parte das lavouras, o que reforçou a necessidade do acompanhamento meteorológico por parte do produtores.

O Notícias Agrícolas entrevistou climatologistas dos dois institutos meteorológicos oficiais no país, Inmet e CPTEC/INPE. Em linhas gerais, foi apontado que no trimestre agosto, setembro e outubro pode haver chuvas abaixo do normal em áreas do Centro-Norte do país e, no Sul, acima da normalidade.

Veja o mapa de previsão probabilística de precipitação do Inmet para agosto, setembro e outubro:

Mapa de previsão probabilística de precipitação do Inmet para agosto, setembro e outubro - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

No final de julho, ainda em meio à atuação do fenômeno climático El Niño, a Climatempo apontou que havia uma tendência de que as chuvas no mês de setembro não seriam favoráveis ao produtor de soja do Brasil. As temperaturas máximas também seriam altas nas projeções da empresa.

Agora, o El Niño já está mais enfraquecido e os mapas mais atualizados, o que favorece a precisão das previsões climáticas. O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) aponta em seu mapa de previsão probabilística uma condição de chuva abaixo a até dentro da normalidade na maior parte do país no trimestre próximo.

Enquanto isso, no Sul, as previsões apontam para acumulados acima da normalidade. Essa condição também pode ser vista em partes da região Sudeste. No entanto, quando se passa para as anomalias, é possível verificar que na parte central do país, em milímetros, as chuvas serão menores que 10 mm.

"Apesar de verificarmos chuvas abaixo da média no trimestre sobre a maior parte do país, temos que lembrar que esse é mesmo um período seco. E quando fazendo a correlação dos mapas de anomalias e probabilidade, as chances de mudanças do que é visto na média histórica não são tão altas", explica Marcia Seabra, meteorologista do Inmet.

Veja o mapa de previsão de anomalias de precipitação do Inmet para agosto, setembro e outubro:

Mapa de previsão de anomalias de precipitação do Inmet para agosto, setembro e outubro - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Veja o mapa de previsão de anomalias de temperatura do Inmet para agosto, setembro e outubro:

Mapa de previsão de anomalias de temperatura do Inmet para agosto, setembro e outubro - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

A especialista explica ainda que a próxima rodada de atualização dos mapas climatológicos, a partir da segunda quinzena de agosto, pode prever com mais previsão essa situação. Agora, em partes do Sul e Sudeste, a previsão já está mais clara de que as chuvas no trimestre poderão ficar acima da normalidade, segundo Seabra.

A partir da segunda quinzena de setembro acaba o vazio sanitário nos principais estados produtores do Brasil, dentre eles Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Santa Catarina, quando termina o vazio sanitário. Outros estados como Tocantins, Bahia e Goiás realizam a semeadura a partir de outubro.

A climatologista do CPTEC/INPE, Aline Macedo, aponta que no trimestre de agosto até outubro teremos o processo de enfraquecimento do fenômeno El Niño, que passa a não exercer tanto impacto. "Estamos atualmente sob desintensificação das condições do fenômeno um El Niño, o qual apresenta indícios de neutralizar-se em 1 a 2 meses", disse Macedo.

A especialista também aponta para anomalias. "Para o trimestre alvo, a maior probabilidade é de chuvas acima da média em parte da região Sul, Sudeste e parte da região central do país. Em parte da região Centro- Norte, a maior probabilidade é de chuvas abaixo da média", destaca a climatologista.

Veja o mapa de previsão probabilística de precipitação do Inmet para agosto, setembro e outubro:

Mapa de previsão probabilística de precipitação do Inmet para agosto, setembro e outubro - Fonte: CPTEC/INPE
Fonte: CPTEC/INPE

Apesar da perspectiva de volumes mais baixos sobre áreas produtoras da faixa central no momento do plantio da safra de grãos, a meteorologista destaca que ainda será estação seca no trimestre agosto, setembro e outubro. "Com relação à temperatura deverá estar em torno da média a acima da média climatológica na maior parte do país", finaliza Macedo.

Campo em Itaiópolis (SC). Envio de Paulo Marcelo Adamek
Campo em Itaiópolis (SC). Envio de Paulo Marcelo Adamek

Soja para semente, no sistema de sub-irrigação da Agro Nova Aliança (Família Gasparetto) em Lagoa da Confusão (TO). Envio de Guilherme Santaretto
Soja para semente, no sistema de sub-irrigação da Agro Nova Aliança (Família Gasparetto) em Lagoa da Confusão (TO). Envio de Guilherme Santaretto

Colheita milho safrinha da Família Dorigon em Rancho Alegre (PR).
Colheita milho safrinha da Família Dorigon em Rancho Alegre (PR).

Clique e envie sua foto ou vídeo! Mande também através do WhatsApp (19) 99767-0241, pelo Instagram@jornalistadotempo ou com a #jornalistadotempo

» Clique e veja mais informações a página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião | Instagram @jornalistadotempo
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • MARCOS FERARI ERECHIM - RS

    POR FAVOR, CHAMEM O MOLIOM................DIVIDIR POR REGIAO DO PAIS + TEMPERATURAS ...

    3