Tempo: Depois da chuva, temperaturas caem no Sul do BR e geadas não estão descartadas nos próximos dias

Publicado em 03/09/2019 11:04 e atualizado em 04/09/2019 11:12
1328 exibições
Forte massa de ar polar predomina sobre a região e derruba as temperaturas nos próximos dias; em destaque, mapa com previsão de temperatura mínima em todo o Brasil nesta 3ª feira

Imagem de satélite nesta terça-feira (03) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Imagem de satélite nesta terça-feira (03) em todo o Brasil - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

A região Sul do Brasil passa a ter uma queda acentuada de temperatura neste início de semana por conta de uma forte massa de ar polar. O frio chega após passagem de uma frente fria, que causou chuvas e ventos fortes sobre o Paraná, mas aliviou as preocupações dos produtores de grãos para o início do plantio.

"Uma forte massa de ar polar predomina sobre a Região Sul do país nesta segunda-feira e no decorrer dos próximos dias e manterá a temperatura baixa nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o Paraná", destacou a Climatempo sobre a previsão de frio para os próximos dias.

De acordo com o modelo Cosmo do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), as temperaturas mínimas registradas ao longo dos próximos dias em áreas da região têm potencial de avançar e baixar os termômetros também sobre áreas da região Sudeste ao longo dos próximos dias.

Veja o mapa com a previsão de temperatura mínima para até 93 horas (03/09 a 06/09) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de temperatura mínima para até 93 horas (03/09 a 06/09) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Os meteorologistas não descartam, inclusive, as chances de geadas sobre áreas dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, onde as chances são mais altas. Nesta terça-feira (03) e quarta-feira (04), são os dias com mais chances das geadas ocorrerem sobre a região.

Os mapas de previsão de geadas do Inmet também apontam risco de fraco a moderado para a quinta-feira (05) sobre a maior parte do Rio Grande do Sul, além de forte no extremo Sul gaúcho. Também tem risco fraco sobre áreas do Centro-Leste de Santa Catarina e Sul do Paraná.

Veja o mapa com a previsão do risco de geada em todo o Brasil nos próximos dias:

Mapa com a previsão do risco de geada em todo o Brasil nos próximos dias - Fonte: Inmet Mapa com a previsão do risco de geada em todo o Brasil nos próximos dias - Fonte: Inmet Mapa com a previsão do risco de geada em todo o Brasil nos próximos dias - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

As temperaturas mínimas nesta terça-feira já foram mais baixas do que nos últimos dias na região Sul. As cinco menores em todo o Brasil ontem (02) foram em Bagé (RS): 1,4°C, Quaraí (RS): 1,6°C, Serafina Corrêa (RS): 2°C, Dom Pedrito (RS): 2,1°C e Cruz Alta (RS): 2,3°C.

Com a chegada do frio, a tendência é de diminuição das chuvas, após os altos volumes registrados nos últimos dias. "Até a próxima quarta-feira não chove e há condições para formação de geada em áreas do sul e oeste gaúcho", informa a Climatempo. Apenas pancadas são esperadas.

Veja o mapa de precipitação acumulada dos últimos 3 dias em todo o Brasil:

Mapa de precipitação acumulada dos últimos 3 dias em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

De acordo com a empresa meteorológica, na terça-feira, a circulação dos ventos em médios níveis da atmosfera e a passagem uma nova frente fria pela costa deve favorecer a formação de mais nuvens e há previsão de pancadas e raios no Centro-Norte e Leste paranaense e Leste catarinense.

"Na quarta-feira nuvens de chuva ainda se formam sobre o centro-leste do PR e no leste de SC. Chove a qualquer hora nas áreas do Leste destes estados. Em Curitiba e no leste paranaense o tempo fica chuvoso e o sol não deve aparecer", diz a Climatempo.

Ainda nesta terça-feira, segundo o Inmet, tem alerta de chuva intensa para áreas do Rio de Janeiro, além de baixa umidade sobre BA, CE, DF, GO, MT, PB, PE, PI, RN, RO e TO.

Previsão estendida de chuvas para o Brasil

De acordo com o mapa de previsão estendida do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), no período de 02 até 10 de setembro, as chuvas mais volumosas ocorrem sobre áreas do Sul, Sudeste, Norte e litoral Nordestino.

De 10 até 18 de setembro, a tendência segue a mesma do período anterior sobre a maior parte do país, mas volumes mais expressivos passarão a ser vistos sobre as regiões Norte e Sul do Brasil, com precipitações moderadas a altas. Também chove em áreas do Centro-Oeste.

Veja o mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 02 até 18 de setembro:

Mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 02 até 18 de setembro - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

Tempo em Nova Rezende (MG) domingo (01) à tarde - Foto: Reprodução/Redes sociais
Tempo em Nova Rezende (MG) domingo (01) à tarde - Foto: Reprodução/Redes sociais

Trigo em Cristalina (GO). Envio do Eng. Agrônomo Raul Zotti.
Trigo em Cristalina (GO). Envio do Eng. Agrônomo Raul Zotti.

 

Visita a campo de técnicos de Cooperativas do Rio Grande do Sul em Cristalina (GO). Envio do Eng. Agrônomo Raul Zotti.
Visita a campo de técnicos de Cooperativas do Rio Grande do Sul em Cristalina (GO). Envio do Eng. Agrônomo Raul Zotti.

Clique e envie sua foto ou vídeo e apareça aqui no Notícias Agrícolas! Fale com a gente através do WhatsApp (19) 99767-0241, direct no Instagram @noticiasagricolas e @jornalistadotempo ou use as hashtags #jornalistadotempo ou #imangensdodia

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião | Instagram @jornalistadotempo
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário