Tempo: Chuvas retornam ao Centro-Oeste e mais precipitações são esperadas nesta 3ª e 4ª feira

Publicado em 24/09/2019 10:21 e atualizado em 30/09/2019 09:51
1318 exibições

Imagem de satélite nesta terça-feira (24) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Imagem de satélite nesta terça-feira (24) em todo o Brasil - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

Chuvas retornaram nas últimas horas sobre áreas do Centro-Oeste do Brasil, ainda que em baixos e moderados volumes. A previsão é de que esta terça-feira (24) seja de mais precipitações sobre localidades da região. O estado de Mato Grosso deve ser o maior beneficiado.

"Áreas de instabilidade, associadas ao calor e a um sistema de baixa pressão atmosférica vão provocar mais nuvens carregadas sobre o Centro-Oeste nesta terça-feira. O estado de Mato Grosso volta a ter temporais", destacou a Climatempo sobre a previsão.

Nuvens carregadas serão vistas em Mato Grosso, com calor intenso e ar úmido. "Em Cuiabá,  e por quase todo o estado, esta terça-feira é de sol e pancadas de chuva de moderada a forte intensidade e com raios entre a tarde e à noite", disse a Climatempo. Pode ter rajada.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 93 horas (25/09 a 27/09) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 93 horas (25/09 a 27/09) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

O Centro-norte de Goiás, o Distrito Federal e o sul do Mato Grosso do Sul, incluindo Goiânia e Brasília, ainda não terão chuvas nesta terça-feira, segundo a empresa meteorológica. "No sul do Mato Grosso do Sul a nebulosidade vai aumentar à noite", ressalta a Climatempo.

De acordo com dados do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), na segunda-feira (23), os cinco maiores acumulados na região Centro-Oeste foram em Nova Ubiratã (MT): 45,6 mm, Juína (MT): 41,2 mm, Sorriso (MT): 20,2 mm, Huara (MT): 19,4 mm e Alto Taquari (MT): 12,6 mm.

"O Instituto Nacional de Meteorologia registrou rajada de 75 km/h em Apiacás, 72 km/h em Rosário Oeste e 68 km/h em Cuiabá. Choveu 10 mm em 1 hora em Cuiabá e em Apiacás foram 38 mm em 1 hora", destacou a Climatempo com base nos dados do Inmet.

A última chuva acima de 10 milímetros na capital Cuiabá (MT) havia sido registrada no dia 06 de maio deste ano, segundo dados levantados pelo Inmet. Ou seja, há quatro meses e 19 dias até os volumes registrados ontem (23). Outras cidades da região Centro-Oeste têm condição parecida.

Veja o mapa de precipitação acumulada das últimas 24 horas em todo o Brasil:

Mapa de precipitação acumulada das últimas 24 horas em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Na quarta-feira, segundo a Climatempo, a previsão é de que a chuva aumente em áreas da região Centro-Oeste com influência de um sistema de baixa pressão atmosférica e um cavado meteorológico presentes sobre a região. Na quinta-feira, as chuvas chegam com mais força em Goiás e Brasília.

"As pancadas de chuva vão ocorrer em mais áreas do centro-sul e oeste de Goiás, incluindo Goiânia, em todo o estado do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul. No Mato Grosso do Sul e no oeste do Mato Grosso é esperada chuva forte e volumosa e a temperatura não vai subir como nos últimos dias", diz a empresa.

Apesar das chuvas retornarem para áreas do Centro-Oeste, a tendência para a Primavera, que começou nesta segunda-feira (23), é de chuvas irregulares e altas temperaturas. Produtores de vários estados produtores aguardam pelas chuvas para iniciarem o plantio, apesar de alguns já se arriscarem.

"Em anos que tem atraso da chuva, por exemplo em 2017, também tivemos isso. Quando tem atraso isso sempre acontece. Teremos uma primavera mais irregular com temperatura mais elevadas e mais secas", disse ao Notícias Agrícolas Francisco de Assis Diniz, chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet.

Veja mais:
» Nova rodada de chuvas chega ao Paraná a partir de quarta-feira (25). Chuvas também estão previstas para o Triângulo Mineiro e GO

» Primavera começa nesta 2ª com irregularidade de chuvas e altas temperaturas; plantio deve atrasar

Veja o mapa de umidade no solo por centímetros no Brasil:

Mapa de umidade no solo por centímetros no Brasil - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

O mapa de umidade do solo do centro de estudo Oceano-Terra-Atmosfera dos EUA, ligado ao NOAA, ainda mostra uma condição bastante irregular em áreas centrais do Brasil, com níveis mínimos de de milímetros. No Sul, a condição é melhor com níveis entre 50 e 70 centímetros, mas também com muita irregularidade pela região.

Veja o mapa de precipitação acumulada para os próximos 7 dias em todo o Brasil:

Mapa de precipitação acumulada para os próximos 7 dias em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

O mapa de precipitação acumulada dos próximos sete dias para todo o Brasil confirma o retorno das chuvas para áreas centrais do país, mas com volumes leves a moderados. No período, as chuvas mais volumosas no período ficam concentradas sobre áreas da região Norte e também pontos do Sudeste.

Ainda nesta terça-feira, segundo o Inmet, áreas do ES tem alerta de ventos costeiros.

Previsão estendida de chuvas para o Brasil

De acordo com o mapa de previsão estendida do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), no período de 24 de setembro até 02 de outubro, chuvas aparecem sobre a maior parte do país, mas com os maiores volumes no Sudeste, extremo Sul e Norte.

De 02 até 10 de outubro, as chuvas seguem sobre áreas centrais do Brasil, mas diminuem em áreas Nordeste e Sudeste. As chuvas mais volumosas se concentram na região, com volumes muito altos e também em pontos da região Norte.

Veja o mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 24 de setembro até 10 de outubro:

Mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 24 de setembro até 10 de outubro - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

Miguel Capelin na colheita Trigo em Coronel Vivida (PR). Envio de Mateus Capelin
Miguel Capelin na colheita Trigo em Coronel Vivida (PR). Envio de Mateus Capelin

Miguel Capelin na colheita Trigo em Coronel Vivida (PR). Envio de Mateus Capelin
Miguel Capelin na colheita Trigo em Coronel Vivida (PR). Envio de Mateus Capelin

Flor em Itaiópolis (SC). Envio de Paulo Marcelo Adamek
Flor em Itaiópolis (SC). Envio de Paulo Marcelo Adamek

Gado na Fazenda em Itaiópolis (SC). Envio de Paulo Marcelo Adamek
Gado na Fazenda em Itaiópolis (SC). Envio de Paulo Marcelo Adamek

Clique e envie sua foto ou vídeo e apareça aqui no Notícias Agrícolas! Fale com a gente através do WhatsApp (19) 99767-0241, direct no Instagram @noticiasagricolas e @jornalistadotempo ou use as hashtags #jornalistadotempo ou #imangensdodia

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião | Instagram @jornalistadotempo
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário