Tempo: Extremo Sul do RS em alerta com chuvas fortes nesta 3ª; instabilidades seguem sobre o Centro-Oeste

Publicado em 01/10/2019 11:08 e atualizado em 02/10/2019 09:52
1837 exibições

Imagem de satélite nesta terça-feira (30) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Imagem de satélite nesta terça-feira (01) em todo o Brasil - Fonte: Inmet

LOGO nalogo

O tempo deve mudar sobre áreas do Rio Grande do Sul nesta terça-feira (01) com novas áreas de instabilidade pelo extremo Sul, conforme mostram imagens de satélite das últimas horas. Em pontos de Santa Catarina e Paraná, as precipitações não chegam com massa de ar seco.

"Será uma semana com bastante umidade, muita chuva e tempo instável sobre a Região Sul do Brasil", disse a Climatempo. O dia começa com pancadas de chuva na região de fronteira e alerta de temporais no extremo Sul gaúcho. Até a noite, as precipitações se espalham.

"No norte do Rio Grande do Sul, em Santa Catarina e no Paraná, a massa de ar seco predomina e inibe as condições de chuva. No leste catarinense a quantidade de nuvens é maior, mas mesmo assim não há condições para chuva", destacou a empresa meteorológica.

Veja o mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 93 horas (02/10 a 04/10) em todo o Brasil:

Mapa com a previsão de precipitação acumulada para até 93 horas (02/10 a 04/10) em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

De acordo com o modelo Cosmo do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), as chuvas deverão seguir concentradas sobre pontos da região Sul pelo menos até o final da semana, com acumulados de até alta intensidade em áreas do estado do Rio Grande do Sul.

O Inmet emitiu alerta de tempestade nesta terça sobre o extremo Sul do Rio Grande do Sul. O aviso vale para até às 16h. Além disso, ventos costeiros são esperados durante o dia em pontos do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

"Chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 Km/h), e queda de granizo. Baixo risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos", disse o instituto meteorológico brasileiro.

Veja o mapa das áreas com alerta de tempestade nesta 3ª feira:

Mapa das áreas com alerta de tempestade nesta 3ª feira - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Aviso para as áreas: Campanha, Encosta Do Sudeste, Serra Do Sudeste, Depressão Central, Missões, Litoral Gaúcho

Ainda há previsão de chuvas para áreas da região Centro-Oeste com instabilidades em formação pelo calor e aumento da umidade do ar. "Altas temperaturas e pancadas de chuva localizadas vão predominar na região na primeira semana de outubro", disse a Climatempo.

As chuvas dos últimos dias aliviam um cenário de estiagem em áreas do Brasil central e alguns produtores de soja já iniciam o plantio da safra 2019/20 da oleaginosa. A umidade do solo ainda é bastante irregular, apesar das precipitações dos últimos dias.

Nas últimas 24 horas, os maiores volumes de chuva em todo o Brasil foram registrados em áreas de Xinguara (PA): 55,4 mm, Monte Alegre de Goiás (GO): 48,8 mm, Santa Rosa do Tocantins (TO): 36,8 mm, Serra dos Carajás (PA): 35,2 mm e Almas (TO): 30,6 mm.

Veja o mapa de precipitação acumulada das últimas 24 horas em todo o Brasil:

Mapa de precipitação acumulada das últimas 24 horas em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

O mapa de precipitação acumulada dos próximos sete dias para todo o Brasil mostra chuvas sobre a maior parte do Brasil, mas com volumes fracos a moderados. No período, os acumulados mais altos devem ser registrados em áreas da região Norte, a divisa do Centro-Oeste com Bolívia e Paraguai e quase toda a região Sul.

Veja o mapa de precipitação acumulada para os próximos 7 dias em todo o Brasil:

Mapa de precipitação acumulada para os próximos 7 dias em todo o Brasil - Fonte: Inmet
Fonte: Inmet

Previsão estendida de chuvas para o Brasil

O mapa de previsão estendida do centro de previsão da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA, na sigla em inglês), no período de 01 de outubro até 09 de outubro, mostra chuvas sobre a maior parte do país, mas com os maiores volumes no Norte, Leste do Centro-Oeste, Sul e partes do Sudeste.

De 09 até 17 de outubro, as chuvas seguem sobre a maior parte do país, mas já diminuem em determinadas áreas, principalmente na região Nordeste e centro do país. Os maiores acumulados nesses dias ficarão concentrados sobre áreas da região Norte do país, pontos do Sul e do Sudeste brasileiro.

Veja o mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 01 de outubro até 17 de outubro:

Mapa com a tendência de precipitação acumulada para o período de 01 de outubro até 17 de outubro - Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA
Fonte: National Centers for Environmental Prediction/NOAA

Lavoura de trigo Produtor Rural Juliano de Souza Carmo em Pontão (RS).
Lavoura de trigo Produtor Rural Juliano de Souza Carmo em Pontão (RS).

Lavoura de trigo Produtor Rural Juliano de Souza Carmo em Pontão (RS).
Lavoura de trigo Produtor Rural Juliano de Souza Carmo em Pontão (RS).

Lavouras à espera da florada em São Pedro da União (MG) . Envio de Fernando Barbosa.
Lavouras à espera da florada em São Pedro da União (MG) . Envio de Fernando Barbosa.

Lavouras à espera da florada em São Pedro da União (MG) . Envio de Fernando Barbosa.
Lavouras à espera da florada em São Pedro da União (MG) . Envio de Fernando Barbosa.

Clique e envie sua foto ou vídeo e apareça aqui no Notícias Agrícolas! Fale com a gente através do WhatsApp (19) 99767-0241, direct no Instagram @noticiasagricolas e @jornalistadotempo ou use as hashtags #jornalistadotempo ou #imangensdodia

» Clique e veja mais informações na página de Clima e acompanhe cinco satélites em tempo real

Por: Jhonatas Simião | Instagram @jornalistadotempo
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário