Previsão indica mais chuva para Sul de MG; temporais são previstos para o Centro-Oeste

Publicado em 20/11/2019 10:13 e atualizado em 20/11/2019 10:59
2287 exibições

LOGO nalogo

Dados do Instituto Nacional de Meteorologia indicam que pode chover em várias regiões do país nas próximas 24 horas. O modelo Cosmo do Inmet destaca que os volumes mais expressivos em áreas agrícolas deve atingir o estado de Minas Gerais, pontos do Mato Grosso, Goiás e Tocantins. 

As chuvas acontecem devido ao corredor de umidade, que atualmente atua na região Central e Sudeste, além de pontos da região Norte do país. Em Minas Gerais a chuva deve atingir a maior parte do estado, com exceção da região norte, onde uma massa  de ar seco segue predominante. 

Na região sul de Minas Gerais são esperados volumes de até 30 milímetros de precipitação. As chuvas ficam mais significativas nas áreas centro e leste de Minas Gerais, onde os volumes podem chegar a 50mm. O Inmet emitiu um alerta de chuvas intensas até às 23h59 desta quarta em Minas Gerais.

"Chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos (60-100 km/h). Risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas", afirma. O aviso é válido para as seguintes regiões: Central Mineira, Vale Do Rio Doce, Metropolitana De Belo Horizonte, Zona Da Mata Mineira, Campo Das Vertentes De Minas, Oeste Mineiro, Sul/Sudoeste Mineiro. Para conferir todas as cidades clique aqui.

Imagens de Satélite do Inmet indicam volumes expressivos de chuvas em Minas Gerais: 

Imagens de Satélite
Fonte: Inmet 
 

Ainda no Sudeste, são esperados volumes expressivos no Espírito Santo, entre 50 e 70 milímetros de precipitação. Segundo a Climatempo, as condições de chuva persistem em Espírito Santo continuam preocupantes para a região. "A previsão é de mais chuva e há risco de chuva forte, inclusive sobre as regiões que já sofreram danos com a chuva muito volumosa da semana passada. Outra frente fria está prevista para o fim de semana", afirma a Climatempo. 

Outras regiões 

As condições de temporais e chuvas significativas para o Centro-Oeste do país sem mantêm nesta quarta-feira. Segundo a Climatempo, o calor a alta umidade e a circulação de ventos em vários níveis da atmosfera, vêm formando áreas de instabilidade. "As pancadas de chuva ocorrem em quase toda a Região, com risco de temporais em áreas de Mato Grosso, Goiás e no Distrito Federal", afirma a Climatempo. 

Para o estado do Mato Grosso, o modelo Cosmo do Inmet indica que os volumes mais expressivos devem ficar na região norte do estado, com até 30 milímetros de precipitação em alguns pontos. Nas demais regiões, as chuvas devem ficar entre 5 e 12 mm. Também são esperadas chuvas para todo o estado de Goiás, com volumes mais expressivos na região leste, com até 16 mm. Nas próximas 24 horas, no Tocantins, são esperadas chuvas entre 20 e 30 milímetros na maior parte do estado.  

O Inmet também emitiu um alerta de chuvas intensas para alguns pontos do Centro-Oeste. "Chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 km/h). Baixo risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas", afirma. 

Veja o mapa de alertas de chuvas intensas para a região Central: 

Alertas - Inmet
Fonte: Inmet 

Veja o mapa de precipitação para as próximas 24 horas em todo o Brasil:

Inmet 93
Fonte: Inmet 

Últimas 24 horas

Nas últimas 24 horas os maiores volumes de precipitação foram registrados em Minas Gerais, Espírito Santo, Goiás, Rondônia, Mato Grosso e Pará. 

De acordo com dados do Inmet, em Minas Gerais os volumes ficaram entre 20 e 30 milímetros de precipitação atingindo princiapalmente o centro e leste do estado.

No Espírito Santo, a chuva atingiu quase todo o estado, com volumes entre 12 e 20 mm. No Rio de Janeiro também foram registradas chuvas de até 20 mm. 

Já em Goiás, as chuvas mais significativas foram registradas na região central do estado, com até 25 milímetros de precipitação.  Também foram registradas chuvas pontuais no Mato Grosso, com volumes de até 20 mm, no centro do estado. No norte do MT, na divisa com Rondônia, as chuvas foram mais expressivas e ficaram entre 20 e 30 mm. 

Em Rondônia, os volumes foram expressivos. A chuva atingiu todas as regiões do estado, chegando a 80 milímetros em alguns pontos. No Amazonas, como previsto, as chuvas continuam expressivas e registraram volumes entre 30 e 60 mm. 

No Norte do Tocantins, na divisa com o Pará, os volumes registrados ficaram entre 20 e 30 mm. No Pará as chuvas registraram até 25 mm de precipitação na região leste. Na Bahia, foram registrados volumes mais expressivos no oeste no estado, com até 20 mm de precipitação. 

Veja o mapa de precipitação nas últimas 24 horas em todo o Brasil: 

Precipitação - Inmet
Fonte: Inmet 

Lavoura em Cerejeiras (RO). Envio de Erivelton Navarro
Lavoura em Cerejeiras (RO). Envio de Erivelton Navarro

Foto em São Vicente do Sul (RS). Envio de Leonardo Saccol Fernandes
Foto em São Vicente do Sul (RS). Envio de Leonardo Saccol Fernandes

Terminado o plantio da soja, nas lavouras de Ivo Rusgoski e família em São João do Triunfo (PR). Envio de Ivo Rusgoski
Terminado o plantio da soja, nas lavouras de Ivo Rusgoski e família em
São João do Triunfo (PR). Envio de Ivo Rusgoski

 

Lavoura em Cerejeiras (RO). Envio de Erivelton Navarro
Lavoura em Cerejeiras (RO). Envio de Erivelton Navarro

Clique e envie sua foto ou vídeo e apareça aqui no Notícias Agrícolas! Fale com a gente através do
WhatsApp (19) 99767-0241, direct no Instagram
 @noticiasagricolasou use a hashtag #imangensdodia

Por: Virgínia Alves
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário