Estudo aponta 96% de chances de geada no sul do MS em 2020

Publicado em 16/01/2020 16:09 e atualizado em 16/01/2020 20:03
2594 exibições

LOGO nalogo

Dados coletados a partir de estudo realizado pela Embrapa Agropecuária Oeste indicam que alta probabilidade de ocorrer geada no mês de junho de 2020 nas áreas de produção agrícola da região sul do Mato Grosso do Sul. Além disso, os dados coletados em estações meteorológicas da Embrapa, indicam ainda que existe 74% de probabilidade de que as geadas sejam classificadas como forte, ou seja, ocorram em condições de temperatura abaixo de 1ºC.

Segundo o pesquisador Danilton Luiz Flumignan, a preocupação com a quebra de produtividade do milho safrinha no sul do estado acontece porque houve um atraso da estação chuvosa em 2019, o que acabou gerando atraso no plantio da soja e consequentemente também atrasará o plantio do milho safrinha em 2020. De acordo com o pesquisador, o ideal seria que o produtor pensasse em antecipar o plantio do milho e até mesmo repensar o tamanho da área plantada. 

"Quem conseguir plantar antes do dia 10 de março terá risco minímos, porque quando a geada acontecer o grão já estará mais tolerante ao frio", destaca Danilton. O alerta do pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste é que os agricultores busquem o apoio de técnicos capacitados. Os resultados, segundo o pesquisador, são concluídos com base nas chuvas nos meses de outubro e novembro, além de considerar a temperatura do oceano. 

Para reduzir os prejuízos, Danilton acredita ainda que o produtor já deve começar a pensar em fazer o plantio de outros cereais neste inverno, como trigo e aveia que são mais resistentes às baixas temperaturas. "Essas são opções viáveis, desde que fatores como disponibilidade de sementes no mercado e canais de comercialização sejam favoráveis", destaca.

Este é o terceiro ano consecutivo que a Embrapa divulga as previsões de geadas para o mês de junho na região Sul de Mato Grosso do Sul.Nos anos anteriores, a Embrapa previu que as temperaturas mínimas não seriam suficientes para configurar condições favoráveis a ocorrência de geadas.

Essas previsões foram confirmadas e não tivemos geadas em junho (gráfico abaixo). Nos dois anos anteriores, 2018 e 2019, as previsões se diferenciaram da temperatura mínima ocorrida em no máximo 1 ºC.“Nesses dois últimos anos, as temperaturas mínimas registradas em junho, no Sul do MS, ficaram acima de 4ºC, assim não houve geada nessa região, nesse período”, acrescenta Danilton.

possibilidade geada sul ms embrapa             histórico previsões de geada embrapa

Por: Virgínia Alves
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário