Volta a chover no RS nesta 4ª: sistema passa rápido, mas chuvas devem ser volumosas

Publicado em 18/03/2020 11:44 e atualizado em 19/03/2020 06:51
1281 exibições

LOGO nalogo

Voltou a chover no Rio Grande do Sul durante a madrugada desta quarta-feira (18) e a previsão indica que a chuva deve permanecer no estado durante as próximas 24 horas. Segundo Naiane Araújo, meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) apesar do sistema passar de maneira muito rápida pela região, a diferença é que dessa vez os volumes tendem a serem mais altos e abranger boa parte do estado. 

Produtores do Rio Grande do Sul enfrentam problemas severos nas lavouras, consequência da irregularidade das chuvas e altas temperaturas na região. Parte da produtividade das duas culturas já tem perdas consolidadas e é necessário que chova na região para que o cenário não seja ainda mais crítico. 

O modelo Cosmo do Inmet, aponta chuvas entre 20 e 40 milímetros entre esta quarta e quinta-feira (19). Segundo a meteorologista, algumas regiões podem registrar até 50 mm de precipitação. Os sistemas passam de maneira rápida pelo estado e na quinta-feira os volumes já devem ser mais expressivos para Santa Catarina e Paraná. 

Segundo a meteorologista, após a passagem desse sistema a tendência é que o Rio Grande do Sul fique sem chuvas expressivas até, pelo menos, o próximo dia 20. Também no dia 20 o Brasil muda de estação e a meteorologia indica que Outuno terá um clima dentro da normalidade para todas as regiões do país. A volta expressiva das chuvas volumosas devem acontecer, de acordo com as previsões, em abril para a região sul do país. 

Já o norte do país continua com previsão de chuvas nas próximas 24 horas, mantendo o padrão de clima que produtores encontram desde semana nas lavouras. Segundo Naiane, com o avanço da frente fria do sul para o norte do país, a tendência é que os volumes continuam expressivos, sobretudo no Matopiba onde as precipitações devem ficar entre 20 e 40 milímetros no final de semana. 

Veja a previsão de precipitação para todo o Brasil nas próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet
Fonte: Inmet 
 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário