Tempo: Chuvas avançam para o Paraná nesta 5ª; Matopiba continua com chuvas volumosas

Publicado em 19/03/2020 10:23 e atualizado em 19/03/2020 10:53
2175 exibições

LOGO nalogo

Confirmando as previsões, as condições de chuvas que atuavam no Rio Grande do Sul começam avançar para o norte do país e os volumes mais expressivos passam a ser esperados para o Paraná nas próximas 24 horas. O modelo Cosmo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indica chuvas entre 20 e 40 milímetros de precipitação para o Paraná. Chove também em Santa Catarina, porém em volumes mais baixos. 

Após a passagem desse sistema a tendência é que o Rio Grande do Sul fique sem chuvas expressivas até, pelo menos, o próximo dia 24. Também no dia 20 o Brasil muda de estação e a meteorologia indica que Outuno terá um clima dentro da normalidade para todas as regiões do país. 

Produtores do Rio Grande do Sul enfrentam problemas severos nas lavouras, consequência da irregularidade das chuvas e altas temperaturas na região. Parte da produtividade das duas culturas já tem perdas expressivas consolidadas.  

De acordo com dados do Inmet, nas últimas 24 horas choveu entre 20 e 30 milímetros no Rio Grande do Sul, atingindo as regiões de produção agrícola. A volta expressiva das chuvas volumosas devem acontecer, de acordo com as previsões, em abril para a região sul do país.

Para os próximos dias também continuam previstas chuvas para o Centro-Norte do país. Segundo o Inmet, em áreas do Matopiba podem ser registrados até 50 milímetros de precipitação. 

Para o Norte do Tocantins são esperadas chuvas entre 20 e 40 milímetros de precipitação, nas demais regiões do estado as chuvas devem ficar até 20 mm. Chove  em todo o Maranhão, podendo ser registrados até 50 mm no oeste do estado. 

A previsão indica ainda chuvas para todo o estado do Piauí, com acumulados de até 30 milímetros de precipitação. O oeste da Bahia também deve receber chuvas, mas em volumes mais baixos quando comparados com os demais estados do Matopiba. Não estão descartadas pancadas de chuvas, características do Verão - que inclusive está em seu último dia nesta quinta-feira. 

A despedida da estação mais quente do ano será com temperaturas elevadas e pancadas de chuvas no Sudeste. De acordo com a Climatempo, em alguns pontos de São Paulo pode ser registradas fortes pancadas de chuvas, sobretudo na Grande São Paulo. 

"O calor do último dia do verão 2020 é o calor pré-frontal. A temperatura tem uma elevação maior horas antes da chegada de uma frente fria", destaca a Climatempo. 

Ainda de acordo com as previsões, uma frente fria chega ao litoral paulista nesta sexta-feira, 20 de março, e aumenta a formação de nuvens carregadas sobre o estado de São Paulo. O risco de temporais aumenta em todas as regiões paulistas.

Veja a previsão de precipitação para todo o país nas próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet
Fonte: Inmet 

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário