Outono começa com chuvas no Sudeste e Centro-Oeste; Sul tem mais um período de seca

Publicado em 20/03/2020 10:46
1773 exibições

LOGO nalogo

O Outono começou oficialmente na madrugada desta sexta-feira (18) e as previsões indicam que os primeiros dias da nova estação serão de temperaturas mais amenas e risco de temporal para o Sudeste do país. Centro-Oeste também apresenta condições de chuvas e apenas o sul do Brasil deve passar por mais um período de seca. 

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) a frente fria que atuou nesta semana na região sul do país avança para o Centro-Norte e leva as condição de chuvas para as demais regiões. "As áreas de instabilidade crescem por todo o estado e as pancadas de chuva ocorrem várias vezes no decorrer do dia. Em muitas áreas do estado, incluindo a Grande São Paulo, essas pancadas de chuva podem vir com raios e também serem moderadas a fortes", destaca a Climatempo. 

A maior preocupação neste momento é com o Litoral Paulista, que pode receber um grande volume de chuva, podendo provocar novos deslizamentos de encontas na Baixada Santista. Também há alertas da Climatempo de chuva forte no Rio de Janeiro nas próximas horas. "O pior da chuva está sendo previsto para madrugada de sábado. Algumas áreas podem receber um volume de chuva próximo dos 100 milímetros acumulados e a população deve estar atenta", destaca.

O modelo Cosmo do Inmet indica que as próximas 24 horas também serão de chuvas volumosas para o Mato Grosso, onde são esperados acumulados entre 20 e 40 milímetros de precipitação. Os maiores acumulados devem ficar para o Centro-Oeste do estado. 

No Mato Grosso do Sul podem ser registradas chuvas com até 50 milímetros de precipitação na região oeste, nas demais áreas os acumulados tendem a ficar com até 20 mm de precipitação. Também chove nos demais estados da região, porém com volumes mais baixos.

Continua chovendo em áreas do Matopiba, sobretudo no norte do Tocantins onde os volumes podem ser mais altos - com até 50 mm de precipitação. Ainda no Tocantins, as demais regiões devem receber entre 30 e 40 mm de precipitação, números que também são esperados para todo o estado do Maranhão e Piauí. 

A região sul do Brasil deverá passar por mais um período de seca nos próximos dias. Produtores do Rio Grande do Sul enfrentam problemas severos nas lavouras, consequência da irregularidade das chuvas e altas temperaturas na região. Parte da produtividade das duas culturas já tem perdas expressivas consolidadas.  

Veja a previsão de precipitação para todo o país nas próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet
Fonte: Inmet 
 

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário