Clima: Atualização do NOAA mostra formação de corredor de umidade a partir do dia 7 no Centro-Sul

Publicado em 29/09/2020 10:25 e atualizado em 29/09/2020 21:08 12636 exibições
Até lá, temperaturas continuam elevadas e baixa umidade relativa do ar baixa em boa parte do país

LOGO nalogo

A atualização do modelo GFS, divulgada nesta terça-feira (29) pela Administração Oceânica e Atmosférica (NOAA), começa a sinalizar a formação de um corredor de umidade no Centro-Sul do Brasil a partir do dia 7 de Outubro.

Naiane Araújo, meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) explica o modelo mudou bastante nas últimas 24 horas, indicando o retorno das chuvas e alívio para as condições de seca.

"Nós estamos numa época de transição e por isso precisamos continuar acompanhando dia após dia. Ainda assim, o modelo hoje nos trouxe uma luz no fim do túnel e um possível retorno das chuvas no próximo período e com maiores chances de chuvas a partir do dia 8", comenta. 

Segundo o NOAA, entre o dia 7 e 15 de Outubro, o Centro-Sul do Brasil pode ter uma mudança nos padrões. O modelo ainda indica condição de chuva regular para todo o Centro-Oeste, onde a tendência é de precipitação entre 25 e 30 mm, ficando os maiores acumulados esperados para áreas do Mato Grosso do Sul. 

>>> Ainda sem registrarem boas chuvas, produtores de Cláudia/MT pretendem iniciar plantio da soja em 15 de outubro

Caso as chuvas se confirmem, o novo sistema pode levar alívio para o produtor de café em Minas Gerais, com precipitação entre 35 e 60 mm em todo o estado. Também há previsão de chuvas em São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo. 

As previsões também são mais otimistas para o produtor de soja do Paraná, com indicativo de acumulados entre 35 e 50 mm em todo o estado. Já Santa Catarina deve receber chuvas com até 70 mm em alguns pontos. Para o Rio Grande do Sul, a tendência é de volumes mais expressivos para o norte do estado, entre 30 e 40 mm. 

"O corredor está se formando, mostrando chuvas e os modelos continuam indicando o retorno efetivo das chuvas a partir da segunda quinzena do mês que vem, como já estava previsto", comenta a meteorologista. 

Veja o mapa de previsão estendida para todo o Brasil 

NOAA - 2909
Fonte: NOAA 

Temperaturas elevadas e baixa umidade relativa do ar 

Até a mudança nos padrões a condição para boa parte do país continua sendo de tempo estável, seco e com baixa umidade relativa do ar nos próximos dias.

Os modelos de previsão de temperatura do Inmet, para as próximas 24 horas, mostram pico nas temperaturas de até 40 graus em pontos isolados do Centro-Oeste. Ainda assim, nas regiões com temperaturas ligeiramente mais baixas, os termômetros devem registrar entre 36 e 38 graus nesta terça-feira. 

As máximas também continuam elevadas em todo o Sudeste brasileiro. São Paulo e Minas Gerais devem ficar com as temperaturas mais altas, entre 36 e 38 graus. Rio de Janeiro e Espírito Santo têm máxima prevista entre 32ºC e 34ºC.

O Inmet emitiu alerta laranja de baixa umidade para Minas Gerais, Piauí e parte da Bahia, válido até as 18h desta terça-feira. "Umidade relativa do ar variando entre 20% e 12%. Risco de incêndios florestais e à saúde. Ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz", afirma o comunicado. 

Para o Sul do país, o Paraná continua sendo o estado mais quente nos próximos dias, com temperaturas acima dos 32 graus em boa parte do estado. Santa Catarina e Rio Grande do Sul tem previsão de temperatura entre 22 e 28 graus. 

Veja o mapa de previsão de temperatura para os próximos dias 

Temperaturas - Inmet - 2909
Fonte: Inmet 


Sinop-MT Foto de Heinz Willians
Sinop-MT Foto de Heinz Willians​

Alvaro Busetti Cafelandia-PR Safra soja 20/21
Alvaro Busetti Cafelandia-PR Safra soja 20/21​

Clique e envie sua foto ou vídeo e apareça aqui no Notícias Agrícolas! Fale com a gente através do 
WhatsApp (19) 99767-0241, direct no Instagram @noticiasagricolas ou use a hashtag #imangensdodia

 

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário