HOME VÍDEOS NOTÍCIAS DADOS DA SAFRA METEOROLOGIA FOTOS

Segundo NOAA, chuvas retornam de forma abrangente para as principais áreas produtoras no dia 2

Publicado em 24/11/2020 10:30 e atualizado em 24/11/2020 12:18 9506 exibições
Até lá chuvas continuam restritas no sul; temperaturas seguem elevadas e umidade do ar baixa no oeste

LOGO nalogo

A atualização do modelo GFS, divulgada nesta terça-feira (24) pela Administração Oceânica e Atmosférica (NOAA) passou a indicar chuvas abrangentes para as principais regiões produtoras do país na primeira semana de dezembro. Desde outubro as chuvas acontecem com irregularidade nas principais áreas de produção agrícola.

Para o período entre 24 de novembro e 2 de dezembro, a tendência continua sendo de tempo seco para o Centro-Oeste, Sudeste, Matopiba e Nordeste. De acordo com o NOAA, neste período, são esperadas chuvas apenas para região sul do Brasil. Falando em volumes, a previsão indica chuvas entre 70 e 90 mm para o Rio Grande do Sul no período. A tendência também é de chuva para Santa Catarina. Já no Paraná, apenas o centro-sul do estado deve receber volumes significativos. 

A partir do dia 2, a tendência é de uma mudança expressiva nos pradrões. O NOAA mantém a condição de chuvas para a parte sul, porém com volumes entre 50 e 60 mm. Todo o Centro-Oeste deve receber chuva entre 60 e 90 mm, enquanto áreas do Sudeste e o oeste da Bahia devem voltar a registrar chuvas acima de 100 mm. Segundo o modelo, apenas o extremo Nordeste deve continuar com tempo seco. 

>>> Monitor de Secas indica redução da seca nas Regiões Sudeste e Centro-Oeste em outubro

Veja o mapa de previsão estendida para todo o Brasil: 

NOAA - 2411
Fonte: NOAA 

 

A terça-feira (24) será marcada por altas temperaturas, baixa umidade relativa do ar e chances de chuvas com rajadas de ventos e descarga elétrica em algumas regiões do Brasil, indica a previsão mais recente do Instituto Nacional de Meteorologia. Já as chuvas mais volumosas e abrangentes continurão restristas ao norte do país. 

Mamedes Luiz Melo, meteorologista do Inmet, destaca que o tempo permanecerá estável na maior parte do Brasil Central, mas que pancadas de chuvas podem acontecer em áreas de Goiás, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

"Essa chuva deve acontecer de forma muito isolada e como pancada, podendo ser registrado rajadas de ventos e descarga elétrica", afirma. Falando em volumes, o modelo Cosmo do Inmet mostra chuvas de até 20 mm para os quatro estados, com destaque para o leste de Minas Gerais que deve receber as chuvas mais intensas. 

Veja o mapa de previsão de precipitação para as próximas 93 horas: 

93 horas - Inmet - 2411
Fonte: Inmet 

Para a parte mais baixa do país, a aproximação de uma nova frente fria continua elevando as temperaturas em toda a região. A intensa massa de ar seco também segue predominante em toda parte oeste do Brasil, onde as temperaturas máximas devem ficar entre 34 e 36 graus, com destaque para o Rio Grande do Sul onde as máximas podem bater a casa dos 38ºC. 

Segundo o meteorologista, devido ao calor intenso, a umidade relativa do ar coloca parte do Brasil em estado de atenção nesta terça-feira (24). Dados do Inmet indicam que o sul do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul podem registrar umidade relativa do ar abaixo de 30% no período da tarde.

O alívio nas temperaturas para a região sul deve chegar a partir do dia 26, próxima quinta-feira. Segundo Mamedes, a partir da tarde de quarta-feira as chuvas devem começar a chegar pelo oeste do estado. O modelo indica precipitação acima de 60 mm nos próximos dias para o Rio Grande do Sul. A tendência é que a chuva avance também para áreas de Santa Catarina e do Paraná.  

Veja o mapa de previsão de temperatura para os próximos dias: 

Temperaturas - 93 horas - Inmet - 2411
Fonte: Inmet 

Maria Eduarda e Heitor na Fazenda 3 irmãos - Mineiros GO
Maria Eduarda e Heitor na Fazenda 3 irmãos - Mineiros GO

Faz. Bianco - Cabeceiras - GO Foto: Bete Rosbach
Faz. Bianco - Cabeceiras - GO Foto: Bete Rosbach

Faz. Bianco - Cabeceiras - GO Foto: Bete Rosbach
Faz. Bianco - Cabeceiras - GO Foto: Bete Rosbach

Soja safra 2020/2021 no Sítio Alvorada, família Dietrich em Nova Fronteira, Tabaporã MT Enviado por Thailise Dietrich
Soja safra 2020/2021 no Sítio Alvorada, família Dietrich em Nova Fronteira, Tabaporã MT Enviado por Thailise Dietrich

Soja safra 2020/2021 no Sítio Alvorada, família Dietrich em Nova Fronteira, Tabaporã MT Enviado por Thailise Dietrich
Soja safra 2020/2021 no Sítio Alvorada, família Dietrich em Nova Fronteira, Tabaporã MT Enviado por Thailise Dietrich

Envie sua foto ou vídeo e apareça aqui no Notícias Agrícolas! Fale com a gente através do WhatsApp (19) 99767-0241, direct no Instagram @noticiasagricolas ou use a hashtag #imangensdodia

 

Por:
Virgínia Alves
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário