Sem influência do El Niño ou La Niña, inverno deste ano terá chuvas e temperaturas dentro da média na maior parte do Brasil

Publicado em 21/06/2011 08:43 810 exibições
O inverno começa neste dia 21 de junho, exatamente às 14h16, mas vale lembrar que as datas e horários pouco tem a ver com a meteorologia. Aliás, o primeiro dia da estação mais fria do ano vai começar com temperaturas acima da média na maior parte do Brasil. O horário indica que justamente neste momento, o Hemisfério Sul da Terra (onde se localiza o Brasil) receberá a menor quantidade de energia proveniente do sol, enquanto o Hemisfério Norte receberá a maior quantidade de energia. Além disso, o dia 21 terá a noite mais longa do ano no Hemisfério Sul e o dia mais longo do ano no Hemisfério Norte.

De acordo com o meteorologista da SOMAR, Celso Oliveira, depois de alguns anos com bruscas mudanças entre fenômenos La Niña e El Niño, finalmente passamos por um período mais prolongado de neutralidade climática. Por isso, a previsão para o inverno deste ano é de precipitações e temperaturas próximas da média histórica para a maior parte das Regiões brasileiras. Mas como o Brasil é muito grande, sempre há algumas exceções.

No Nordeste, as ondas de leste permanecerão mais intensas que o normal, provocando precipitações acima da média, especialmente ao longo da costa, desde Pernambuco até o Maranhão. Por outro lado, o rápido afastamento da área de instabilidade chamada de Zona de Convergência Intertropical da Região Norte fará com que as precipitações fiquem abaixo da média, especialmente entre o Amazonas e Pará.

No Sudeste e Centro-Oeste, espera-se um inverno normal, ou seja, com pouca chuva. No entanto, não há expectativa de estiagens tão duradouras quanto as registradas no ano passado.
No Sul, apesar da previsão de precipitações próximas da média, a formação de eventuais bloqueios atmosféricos poderá gerar pequenos períodos com chuvas mais intensas, especialmente sobre o Rio Grande do Sul.

Temperaturas
De acordo com os meteorologistas da SOMAR, não há previsão de um inverno rigoroso no Sul, Sudeste e Centro-Oeste, Regiões que são mais influenciadas pelas massas de ar polar. Invernos neutros costumam ser caracterizados pela alternância de períodos frios e quentes (que no fim das contas acabam gerando temperaturas próximas da média).

Tags:
Fonte:
Somar Meteorologia

0 comentário