Redução do desmatamento na Amazônia prova que debate do Código não incentiva novos cortes, diz senador Rollemberg

Publicado em 06/12/2011 15:36 220 exibições

Ao comemorar em Plenário, nesta terça-feira (6), o anúncio feito ontem pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), informando sobre a redução em 11% do desmatamento na Amazônia Legal, o senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) avaliou que os dados do Inpe comprovam que os debates sobre o novo Código Florestal, travados no Congresso Nacional este ano, não foram causas do aumento do desmatamento na Amazônia.

O parlamentar lembrou que, no início da Conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre Mudanças Climáticas (COP-17), em Durban, na África do Sul, muitos ambientalistas tentaram expor, indevidamente, a imagem do Brasil dizendo que o país não conseguiria cumprir as metas que se propôs de reduzir as suas emissões de gás carbônico em função do debate sobre o novo Código Florestal.

- Os dados do Inpe demonstram que não apenas o Brasil está fazendo o seu dever de casa, ao contrário de muitos outros países, mas está fazendo bem. Também é uma resposta clara às inúmeras especulações de que o debate sobre o novo Código Florestal já estaria provocando maior destruição na Floresta Amazônica - disse.

Fonte:
Agência Senado

0 comentário