Frango Vivo: Semana termina com queda de preços em Minas Gerais

Publicado em 21/03/2015 13:07 36 exibições
Nesta sexta-feira (20), o frango vivo teve dia de preços estáveis nas principais praças. Nesta semana, Minas Gerais apresentou desvalorização de R$ 0,10, depois de semanas como a maior referência. Com a queda de 3,48%, as cotações no estado passam para R$ 2,50 pelo quilo do vivo. Em São Paulo, a referência continua em R$ 2,40/kg, enquanto no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul a R$ 2,30/kg. 

 

 

 

 

 

As demais praças se mantiveram estáveis nas últimas semanas. Segundo levantamento realizado pelo Notícias Agrícolas, Minas Gerais foi a única praça a apresentar modificações nas cotações durante toda a semana. O reajuste pode ser atribuído ao período do mês, que costuma ser de consumo mais fraco na segunda quinzena do mês. Segundo informações do analista da Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, a maior oferta de animais na região sul também já reflete no mercado.  

 

 

 

 

 

Variação Semanal Frango Vivo
 
 

 

Já as informações do Cepea apontam para uma demanda interna enfraquecida, o que vira as atenções ao mercado externo e as valorizações do dólar. Apesar do cenário que melhora os preços para os embarques, o ritmo ainda segue tímido em relação ao ano passado. Segundo dados do  Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), nas duas primeiras semanas de março, os embarques chegam em 120,2 mil toneladas no acumulado do mês, com média diária em 12 mil toneladas. Em receita ficou em US$ 196,9 milhões de toneladas.

 

 

 

 

 

 

Também houve o anúncio da efetivação da abertura de mercado pelo Paquistão, segundo nota divulgada pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Inclusive, a Associação acredita no potencial do país para compra de aves principalmente, embora não seja possível mensurar os impactos destas compras nos embarques brasileiros. 

 

 

 

 

 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) atualizou os números de abates no 4º trimestre de 2014. Houve o crescimento de 3,7% em relação ao mesmo período de 2013, além de ter realizado o mesmo número de abates do trimestre anterior. 

 

 

 

 

 

Confira como fecharam os preços nas principais praças nesta sexta-feira (20): 
 
Estado Preço (R$/kg) Variação (%)
Ver histórico Fechamento: 20/03/2015  
Minas Gerais 2,50 -3,85
Rio Grande do Sul 2,30 0,00
Paraná 2,30 0,00
Santa Catarina 2,30 0,00
São Paulo 2,40 0,00
Tags:
Por:
Sandy Quintans // André Lopes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário