Suíno Vivo: Mercado fecha estável nesta 4ª feira; São Paulo segue registrando negócios acima da referência

Publicado em 10/08/2016 18:29
124 exibições

As cotações para o suíno vivo tiveram o dia de estabilidade nesta quarta-feira (10), após as altas registradas em quase todas as praças de comercialização. Com redução na oferta de animais e a demanda aquecida em função do feriado de Dia dos Pais, o mercado está conseguindo reagir para ajustar margens.

Em São Paulo, a referência de negócios subiu para R$ 85/@ no início da semana, mas já registra há alguns dias vendas acima deste valor. A APCS (Associação Paulista de Criadores de Suínos) voltou a reportar negócios nesta quarta-feira. Em São Sebastião da Grama (SP) foram comercializados 132 animais a R$ 90/@, enquanto que em Jambeiro (SP) foram 180 suínos com a mesma cotação.

Além disto, a associação informou em nota que o mercado está aquecido, inclusive registrando altas no atacado. “Portanto, podemos afirmar que o mercado é firme, comprador e com pouca oferta de animais vivos, inclusive, na cotação da APCS/CSP, verificou-se uma queda acentuada no peso dos animais abatidos”, aponta.

A Scot Consultoria aponta que compradores estão se reabastecendo na praça paulista, em função do período. “Para o curto prazo, em função do período do mês, altas não estão descartadas, porém, a demanda é que ditará os movimentos”, explica a consultoria.

Além de São Paulo, diversas outras praças tiveram reajuste positivo na semana, como Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Goiás. Nas demais regiões, as cotações ainda não foram definidas, mas a tendência é de alta.

» Acesse as cotações na íntegra para o suíno vivo

Por Sandy Quintans
Fonte Notícias Agrícolas

Nenhum comentário