Frango Vivo: Após período de estabilidade, cotações fecham em queda em São Paulo e Minas Gerais nesta 2ª feira

Publicado em 29/08/2016 18:32
72 exibições

Após um período de estabilidade, as cotações para o frango vivo fecharam em queda nesta segunda-feira (29). Em São Paulo, a referência cedeu R$ 0,10 e passa a R$ 3,15/kg. Já em Minas Gerais, a baixa foi ainda maior, de R$ 0,15, em que o valor de negociação no estado fica em R$ 3,30/kg.

Para o mercado, a tendência era de preços firmes até a virada do mês, porém baixas não estavam descartadas devido ao período em que o consumo da proteína é menor. Segundo o analista da Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, o movimento de estabilidade das últimas semanas era esperado.

“Para a virada do mês a tendência é de que os preços voltem a ter valorização nas principais praças de comercialização do país”, projeta Iglesias.

No atacado, o cenário também é de baixas. Segundo a Scot Consultoria, em São Paulo a carcaça está cotada em R$ 4,25/kg, em média, o que representa uma queda de 5,6% nos últimos sete dias. “Foram registradas quedas nos preços na semana, em decorrência da descapitalização do consumidor em função do período do mês”, aponta a consultoria.

Exportações

Já os embarques de carne de frango in natura referentes ao mês de agosto devem ser divulgados na próxima quinta-feira. Até a terceira semana, foram exportados 231,3 mil toneladas, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

A média diária foi de 15,8 mil toneladas, que representa avanço de 0,7% nos embarques de julho, enquanto que em comparação com o ano passado há um recuo de 6,1% no volume por dia. Em receita, a soma é de US$ 380,8 milhões, sendo que o valor por tonelada é de US$ 1.646,4.

Para Fernando Henrique Iglesias, o resultado até o momento está abaixo ao esperado pelo mercado, que projetava números próximos a 400 mil toneladas de meses anteriores. “A partir do resultado obtido no mês para os embarques in natura, projetamos que as exportações possam ficar entre 340 e 360 mil toneladas”, comenta.

» Acesse na íntegra as cotações do mercado de frango

Por: Sandy Quintans
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário