Perspectiva de crescimento para mercado de granjeiros em 2020, segundo Rabobank

Publicado em 17/01/2020 12:12
141 exibições

LOGO nalogo

De acordo com um estudo do Rabobank sobre as perspectivas do agronegócio brasileiro, divulgado nesta sexta-feira (17), o mercado de granjeiros deve continuar crescendo em produção e vendas no ano de 2020. No caso dos suínos, a produção no Brasil deve crescer 4% este ano, e para o frango, 2%. As vendas no mercado externo devem continuar sendo puxadas pela crise global no setor de proteína animal provocada por surtos de Peste Suína Africana (PSA), principalmente na China e na Europa. 

De acordo com relatório, a produção de carne suína na China deve ter caído em torno de 25% em 2019, e este ano, deve reduzir mais 13%. O aumento no abate de matrizes para satisfazer a demanda no país asiático pode causar problemas para a reconstrução do rebanho de suínos no futuro, resultando em dependência contínua das importações e da compra de outros tipos de proteínas.

A produção de suínos no Brasil deve crescer 4% no ano de 2020, depois de ter aumentado em igual proporção no ano passado. A demanda interna deve melhorar, com o aumento do poder aquisitivo da população, e as exportações seguirão crescendo por causa da crise da PSA. No caso das exportações, o relatório do banco estima que o crescimento das vendas externas de proteína suína deva crescer 15% este ano. 

Em relação ao frango, apesar do aumento da demanda global por aves em 2019 devido à crise da PSA, as exportações de frango do Brasil cresceram modestamente em 2019, cerca de 2%, estima o Rabobank. Este ano, a expectativa de aumento é de 4%.

CUSTOS DE PRODUÇÃO

Os custos de produção para o suinocultor devem aumentar, principalmente por causa do milho mais caro no mercado local, o que pode impactar nas margens de lucro. No caso do frango, para 2020, os custos de produção de frango devem ter aumento moderado devido aos preços internos firmes.

Tags:
Por: Letícia Guimarães
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário