Suíno: cotações começam a desacelerar e cair

Publicado em 24/03/2020 18:01 e atualizado em 24/03/2020 18:49
210 exibições

LOGO nalogo

Mercado de suínos, pelo segundo dia consecutivo, vem desacelerando as cotações. De acordo com análise do Cepea/Esalq, as valorizações para o setor na última semana estão atreladas à oferta restrita de animais pesados e ao elevado preço dos insumos, que impulsionam as cotações do animal vivo. 

De acordo com a Scot Consultoria, em São Paulo, o preço da arroba do suínbo CIF caiu 1,88%/1,83%, chegando a R$ 104/ R$ 107. Já a carcaça especial permaneceu com o mesmo valor de R$ 8,40/R$ 8,70 o quilo. 

Em relação ao animal vivo, segundod ados do Cepea/Esalq, referentes à segunda-feira (23), houve queda nos valores em todas as praças produtoras analisadas pelo órgão. 

Em São Paulo, a desvalorização foi de 1,19%, com preço de R$ 5,83/kg, queda de 1,07% no Paraná, fechando em R$ 5,55/kg, e de 0,68% em Minas Gerais, com valor de R$ 5,80/kg. 

Em Santa Catarina, o reajuste negativo foi de 0,37%, fechando em R$ 5,45/kg, e de 0,19% no Rio Grande do Sul, cravando R$ 5,30/kg. 

Tags:
Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário