Ovos: expressivos aumentos no milho e farelo de soja corroem receita dos avicultores

Publicado em 25/03/2020 08:21
118 exibições

Os produtores de ovos, milho e farelo de soja vão alcançando excelente valorização na comercialização dos seus produtos em março corrente.

No caso do produtor de ovos, o que aparenta ser ganho de receita na realidade vem sendo corroído pelo aumento verificado nas duas principais matérias-primas utilizadas na alimentação das galinhas.

Acompanhamento realizado pelo OvoSite tendo como base o acumulado no primeiro trimestre indica que o preço médio alcançado na venda da caixa de ovos brancos (atacado paulista) e do Milho e Farelo de Soja (considerando uma saca de 60 kg cada um), favoreceu aumento anual de 35,8%, 29,7% e 18,9%, respectivamente.

Entretanto, considerando que no último biênio o período analisado foi muito difícil para o setor de ovos, a comparação com o acumulado no 1º trimestre de 2017 mostra um índice de evolução dos ovos (111%) bem inferior aos verificados no milho (150%) e farelo de soja (137%).

Ao mesmo tempo, tomando por base o último preço médio diário recebido pelos três produtos em março, cotejados pelo valor praticado no mesmo dia do ano passado, tem-se um crescimento de 48% no ovo, 53% no milho e 43,3% no farelo de soja.

Diante dessa expressiva evolução das matérias-primas, o avicultor deve procurar encontrar o justo retorno na comercialização do seu produto para continuar produzindo esse alimento tão importante para a alimentação da população brasileira.

Tags:
Fonte:
OvoSite

0 comentário