Suíno: quedas acentuadas para o mercado independente

Publicado em 03/04/2020 15:59 e atualizado em 05/04/2020 08:12 188 exibições

LOGO nalogo


As cotações no mercado de suínos seguem caindo nesta sexta-feira (03), com desvalorizações acentuadas no mercado independente. Segundo análise do Cepea/Esalq, a pressão veio da demanda final pela proteína, que segue fraca. O recuo na procura por carne no mercado atacadista tem feito com que representantes de frigoríficos reduzam o ritmo de produção e, consequentemente, a demanda por novos lotes de suínos para abate. 

No mercado independente, a queda do preço do quilo do suíno foi de 15,38% tanto para Goiás quanto Minas Gerais, ambos estados com preço de R$ 4,40 o quilo. Em Santa Catarina, a redução foi de 12,85%, atingindo R$ 4,68/kg. 

Em São Paulo, de acordo com a Scot Consultoria, os preços ficaram estáveis. A arroba do suíno CIF s emanteve em R$ 92/R$ 96, enquanto a carcaçaespecial permaneceu em R$ 7/R$ 7,30/kg. 

Segundo informações do Cepea/Esalq sobre suíno vivo, referentes à quinta-feira (02), houve queda nas principais praças produtoras. Em Santa Catarina, a redução foi de 1,76%, chegando a R$ 4,47/kg, baixa de 1,23% em Minas Gerais, com preço de R$ 4,82/kg, e de 0,87% no Rio Grande do Sul, fechando em R$ 4,58/kg. 

Em São Paulo, a desvalorização foi de 0,58%, com preço de R$ 5,16/kg, e no Parabá, queda de 0,21%, cravando R$ 4,85/kg. 

Tags:
Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário