Preços do suíno sobem, principalmente, em São Paulo

Publicado em 10/07/2020 16:26 111 exibições

LOGO nalogo

A sexta-feira (10) encerrou a semana do mercado de suínos de maneira positiva, com altas nas cotações. De acordo com análise do Cepea/Esalq, todas as regiões acompanhadas pelo órgão registraram altas neste início de julho. Além do tradicional aumento na demanda por carne na primeira semana do mês, os embarques aquecidos fazem com que grande parte de indústrias integradoras intensifique as compras no mercado independente, a fim de garantir o cumprimento de contratos com compradores externos e internos. 
Em São Paulo, segundo a Scot Consultoria, a arroba do suíno CIF teve valorização de 1,06%/2,11%, chegando a R$ 95/R$ 97, enquanto a carcaça especial subiu 2,56%/1,23%, fechando em R$ 8/R$ 8,20 o quilo. 
No caso do animal vivo, conforme dados do Cepea/Esalq, referentes à quinta-feira (9), houve aumento nos preços nas principais praças produtoras. A alta em São Paulo foi de 1,39%, cotado em R$ 5,11/kg, avanço de 0,67% em Santa Catarina, com preço de R$ 4,51/kg, e de 0,46% no Rio Grande do Sul, com valor de R$ 4,38/kg. 
O preço do animal vivo subiu 0,22% no Paraná, cotado em R$ 4,50/kg, enquanto em Minas Gerais, o aumento foi de 0,18%, cravando R$ 5,49/kg. 
Tags:
Por:
Letícia Guimarães
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário