CMN reajusta preço mínimo do trigo

Publicado em 26/04/2012 18:53 e atualizado em 27/04/2012 08:00 1018 exibições
O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou nesta quinta-feira, dia 26 de abril, alteração do preço mínimo do trigo em até 5%. O Pão tipo 1, referência no mercado e que vigorava a R$ 477,00 por tonelada, no Sul, passa para R$ 501,00 por tonelada; no Centro-Oeste, Sudeste e Bahia de R$ 535,00 para R$ 552,00 por tonelada. Os valores passam a vigorar entre julho de 2012 a julho de 2013. Também foi autorizada a prorrogação e renegociação de operações de crédito contratadas com recursos administrados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes), no âmbito PSI, por produtores rurais. Os beneficiados são os agricultores que tiveram prejuízos em decorrência de adversidades climáticas nas regiões Sul, Nordeste e Norte.

Para os mutuários dos municípios da região Sul, atingidos por estiagem, desde que as operações estejam em situação de adimplência em 31 de dezembro de 2011, podem ser prorrogadas para até 15 de setembro de 2012, o vencimento das prestações (principal e juros) vencidas ou a vencer entre 1º de janeiro de 2012 e 14 de setembro de 2012. Já os mutuários dos municípios da região Nordeste, atingidos por estiagem, ou da região Norte, atingidos por enchente, desde que as operações estejam em situação de adimplência em 31 de janeiro deste ano, podem ser prorrogadas para até 15 de dezembro de 2012 o vencimento das prestações (principal e juros) vencidas e vincendas entre 1º de fevereiro de 2012 e 14 de dezembro de 2012.

Os produtores que tiveram redução superior a 30% na renda, comprovada por laudo técnico, pode ser renegociado até 100% das parcelas de principal com vencimento em 2012, mediante a incorporação ao saldo devedor e redistribuição nas parcelas restantes, podendo ser prorrogada para até 12 meses, após a data prevista para o vencimento vigente do contrato. A formalização das prorrogações ou renegociações deve ocorrer até 30 de dezembro de 2012, para as operações contratadas na região Sul, e até 28 de fevereiro de 2013, para as operações contratadas nas regiões Nordeste e Norte.

Tags:
Fonte:
Assessoria CMN

0 comentário