Preços do trigo no Brasil podem se manter em alta mesmo com chegada da nova safra

Publicado em 07/08/2013 16:53
632 exibições

Depois de ser impulsionado pela falta de oferta dos países do Mercosul e pelos preços elevados no mercado internacional, o preço do trigo deve continuar elevado no mercado brasileiro devido às perdas na safra paranaense com as geadas, podendo ultrapassar os R$1000 a tonelada.

Segundo o analista Beto Xavier, em alguns estados, como São Paulo, onde o valor atual é R$1000 a tonelada, já se fala que o valor pode chegar até R$1400. Beto aponta também que mesmo com a entrada de 600 mil toneladas dos Estados Unidos e do Canadá, os preços não irão ficar mais baixos.

Élcio Bento, analista da Safras & Mercado, aponta que a manutenção dos preços firmes para o trigo devem durar até o período entre a segunda quinzena de setembro e o início de outubro, quando terá início a colheita no Rio Grande do Sul e uma nova colheita no Paraná.

No entanto, nem todos os produtores estão aproveitando os bons preços do mercado do trigo. O produtor rural Dilmar Zimmermann, de Três de Maio (RS), conta que as expectativas de produtividade da região são as melhores possíveis, mas que os preços pagos pelos moinhos e cooperativas estão por volta de R$560 a tonelada.

As expectativas são confirmadas pelo analista Beto Xavier, já que as lavouras não foram afetadas pelas geadas das últimas semanas. Segundo o analista, porém, os próximos 60 dias deverão exigir mais atenção quanto a outros possíveis fenômenos climáticos, como as chuvas torrenciais e chuvas com granizo, que podem prejudicar as lavouras.

Tags:
Por: Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário