Chuvas não afetaram safra de trigo na Argentina, que recupera posto histórico de importância na produção do cereal

Publicado em 27/01/2017 14:38
55 exibições

Apesar das chuvas abundantes ocorridas nas últimas semanas de 2016, o trigo da Argentina deverá ter uma produção de 15,6 milhões de toneladas. Com isso, o país recupera o lugar histórico que teve como produtor e exportador do cereal.

O clima foi favorável durante a maior parte do ciclo, o que permitiu o alcance de rendimentos acima das médias históricas máximas, de até 167 sacas por hectare em alguns lotes de Santa Fe e Córdoba.

"Estamos frente a uma campanha histórica", disse Martha Cuniberti, responsável pelo Laboratório de Qualidade Industrial e Valor Agregado de Cereais e Oleaginosas do Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (INTA) em Marcos Juaréz, Córdoba.

Com 4 milhões de toneladas, a província de Córdoba teria a maior colheita dos últimos 50 anos, consolidando-se como segunda maior província produtora de trigo, atrás apenas de Buenos Aires.

Tradução: Izadora Pimenta

Fonte: Infocampo

0 comentário