MS quer exportar soja e milho pelo Pacífico

Publicado em 12/11/2013 07:44 635 exibições
Técnicos traçam duas rotas de Campo Grande até o Chile e avaliam estrutura e custos. Apesar da falta de asfalto e das limitações dos portos, saída a Oeste mostra-se atraente

Ao mesmo tempo em que expande a agricultura, Mato Grosso do Sul busca alternativas para a exportação de grãos. Até a próxima safra, o estado quer embarcar soja e milho pelo Chile. De acordo com a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), os portos de Arica e Iquique têm condições de absorver uma parte do volume exportável e com custos competitivos em relação a Paranaguá e Santos, os dois principais canais usados atualmente pelo estado.

Uma comitiva com mais de 100 pessoas, incluindo produtores rurais, técnicos e representantes de empresas de transportes de cargas do estado do Centro-Oeste, percorreu duas rotas até os portos chilenos: uma pelo Chaco do Paraguai e outra diretamente pela Bolívia. Ambas são consideradas viáveis.

Leia a notícia na íntegra no site da Gazeta do Povo.

Tags:
Fonte:
Gazeta do Povo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário