Estoques de milho devem ser maiores do que o esperado na África do Sul; importação de trigo deve aumentar

Publicado em 27/10/2017 09:38

A África do Sul deverá ter estoques maiores do que o esperado em decorrência de uma nova grande safra. Para o trigo, as importações devem aumentar. Os dados são do Comitê de Estimativas de Safra do país e estão em linha com as previsões de investidores.

Sendo assim, produtores entrevistados sobre a safra de 2018 indicaram que menos milho, especialmente milho branco, será plantado para a safra 2018. A área de milho branco deve diminuir 14,5%.

De acordo com o Comitê, a queda se deve a uma maior preferência dos produtores por outros cultivos, incluindo oleaginosas. Contudo, a área de milho amarelo poderá ter um aumento de 8,2%.

Dados surpreenderam investidores

Contudo, a perda da área de milho foi menos severa do que a esperada pelos investidores, que preveram uma queda de 17% em relação ao ano passado, de acordo com uma enquete da Reuters.

Para Wandile Sihlobo, do grupo industrial Agbiz, os dados foram uma "surpresa, dado os baixos níveis de preço e estoques maiores", estes que duplicaram para 10,1 milhões de toneladas.

Cenário do trigo

No trigo, em contraste, o comitê cortou sua previsão para a próxima colheita para 1,66 milhões de toneladas.

A queda se deve porque grande parte da província produtora, o Cabo Ocidental, enfrenta uma situação de seca neste momento.

Assim, as importações do cereal podem chegar a 1,8 milhões de toneladas.

Tradução: Izadora Pimenta

Fonte:
Agrimoney

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário