Milho: Maior alta de preços da semana é registrada no pregão da bolsa de Chicago nesta quarta-feira

Publicado em 28/11/2018 17:50
322 exibições

LOGO nalogo

Pela primeira vez na semana os preços do milho na bolsa de Chicago (CBOT) fecharam o dia com alta acima de 1 ponto. Nesta quarta-feira (28) os índices registrados foram entre 4,50 e 5,25 por volta das 17h19 (horário de Brasília). O vencimento dezembro/18 era cotado a US$ 3,61 por bushel e o março/19 trabalhava a US$ 3,73 por bushel.

A aproximação do encontro entre os presidentes da China e dos Estados Unidos na cúpula do G20 no final dessa semana eleva as expectativas quanto ao desfecho da guerra comercial entre as duas potências. Analistas do Scotiabank disseram que “nenhum dos lados quer ceder, mas também não querem que a guerra comercial aumente. É provável que a China não aceite todos os termos de Washington, mas poderia fazer o suficiente para permitir que Trump reivindicasse a vitória”, disse o banco. Para Larry Kudlow, diretor do Conselho Nacional de Economia dos EUA, “existe uma boa possibilidade de que um acordo seja alcançado”.

Essa perspectiva de que um acordo seja selado em Buenos Aires é que começa a movimentar o mercado com a alta registrada hoje.

Mercado Interno

A quarta-feira registrou estabilidade nos preços do milho na maioria das praças pesquisadas. Segundo levantamento da equipe do Notícias Agrícolas, a variação foi negativa em 3,85% na cidade de São Gabriel do Oeste (MS) com a saca valendo R$ 25,00, em Campo Novo do Parecis (MT) a variação para baixo foi de 2,44% atingindo preço de R$ 20,00 e Campinas (SP) registrou queda de 1,30% fechado a R$ 35,00. Por outro lado, uma valorização de 0,78% foi registrada no oeste da Bahia com preços de R$ 32,50.

Segundo o analista de mercado Vlamir Brandalizze, a tendência para os próximos dias e o aumento no preço do milho e maior volume de exportações, que serão puxadas pela valorização do dólar.

Dólar

Seguindo a tendência de terça-feira, a moeda americana encerrou a quarta-feira em queda de 0,93 % e atingiu o valor de 3,8408 reais na venda, depois de tocar a mínima de 3,8319 reais. De acordo com informações da Reuters essa queda foi sustentada pela nova atuação do Banco Central no mercado cambial e pelo discurso do chair do Federal Reserve, Jerome Powell, com indícios de que o ciclo de alta dos juros nos Estados Unidos pode ser mais suave.

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário