Cotações seguem levemente altas para o milho em Chicago

Publicado em 04/04/2019 12:21 e atualizado em 04/04/2019 17:13
212 exibições

LOGO nalogo

A Bolsa de Chicago (CBOT) se mantêm com os preços internacionais do milho futuro levemente mais altos nessa quinta-feira (04). As principias cotações registravam valorizações entre 1,25 e 1,75 por volta das 11h58 (horário de Brasília).

O vencimento maio/19 era cotado a US$ 3,64, o julho/19 valia US$ 3,73 e o setembro/19 era negociado por US$ 3,82.

Segundo Tony Dreibus, analista da Successful Farming, o milho voltou a aumentar durante a noite devido ao otimismo de que os Estados Unidos e a China estão próximos de um acordo comercial.

Negociadores de ambos os lados se encontrarão novamente hoje, enquanto o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, está em Washington para outra rodada de negociações. Ele está programado para se reunir com o presidente Donald Trump hoje para discutir o possível acordo comercial.

“Isso pode ser um sinal positivo de que as negociações estão chegando ao fim”, destaca Dreibus.

B3

Essa tendência segue também na bolsa brasileira, que opera levemente em alta nessa quinta-feira, com as principais cotações registrando valorizações entre 0,30% e 0,94% por volta das 12h14 (horário de Brasília).

O vencimento maio/19 era cotado a RS$ 36,60, o julho/19 valia R$ 33,70 e o setembro/19 era negociado por R$ 34,50.

De acordo com a Agrifatto Consultoria, as negociações para exportação com o cereal podem ganhar fôlego a partir do próximo mês, quando os primeiros lotes do milho safrinha devem começar a chegar ao mercado.

As expectativas continuam positivas para a 2º safra, com o mercado projetando produção acima de 94 milhões de toneladas. E além das expectativas positivas para a produção, os trabalhos adiantados a campo também podem acelerar as exportações logo em julho deste ano.

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário