Milho: Movimentações em Chicago seguem restritas à espera de novos passos comerciais

Publicado em 23/01/2020 11:54 195 exibições
Mercado ainda aguarda novos capítulos da relação China x EUA

LOGO nalogo

Os preços internacionais do milho futuro seguem com poucas movimentações na Bolsa de Chicago (CBOT) nesta quinta-feira (23). As principais cotações registravam leves perdas entre 0,25 e 1,25 pontos por volta das 11h36 (horário de Brasília).

O vencimento março/20 era cotado à US$ 3,88 com queda de 0,25 pontos, o maio/20 valia US$ 3,93 com baixa de 0,75 pontos, o julho/20 era negociado por US$ 3,98 com desvalorização de 1,25 pontos e o setembro/20 tinha valor de US$ 3,97 com perda de 1,00 ponto.

Segundo informações do site internacional Successful Farming, o mercado deve seguir com poucas movimentações até o relatório semanal de vendas de exportação do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) que será divulgado na sexta-feira, um dia depois do habitual, devido ao feriado de segunda-feira.

“O relatório é o melhor indicador de demanda, e os comerciantes aguardam notícias sobre se a China intensificou suas compras de suprimentos agrícolas dos EUA após a assinatura de um acordo comercial entre os países, que são as duas maiores economias do mundo”, comenta o analista Tony Dreibus.

B3

Já a bolsa brasileira operava com leves altas para os futuros do milho nesta quinta-feira, com as principais cotações registrando elevações entre 0,40% e 0,60% por volta das 10h58 (horário de Brasília).

O vencimento março/20 era cotado à R$ 52,35 com ganho de 0,50%, o maio/20 valia R$ 49,90 com valorização de 0,60%, o julho/20 era negociado por R$ 43,70 com estabilidade e o setembro/20 tinha valor de R$ 42,57 com alta de 0,40%.

Tags:
Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário