Milho abre a terça-feira com altas em Chicago após feriado americano

Publicado em 18/02/2020 09:06
295 exibições
Temores sobre uma infestação de gafanhotos na África e Ásia sustentam o mercado

LOGO nalogo

A terça-feira (18) começa com os preços internacionais do milho futuro valorizados na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam altas de 3,00 pontos por volta das 08h49 (horário de Brasília).

O vencimento março/20 era cotado à US$ 3,80 com elevação de 3,00 pontos, o maio/20 valia US$ 3,85 com valorização de 3,00 pontos, o julho/20 era negociado por US$ 3,88 com ganho de 3,00 pontos e o setembro/20 tinha valor de US$ 3,87 com alta de 3,00 pontos.

De acordo com o consultor da Cerealpar e da AgroCulte, Steve Cachia, o suporte é especulativo, após divulgação de alerta pela ONU de que enxames de gafanhotos na África estavam se multiplicando rapidamente e sem controle, e migrando em direção a região do Mar Negro e sul da Ásia.

“Com isso, alguns mercados, inclusive na China, registraram rali especulativo, com temores de que grandes áreas de trigo e milho possam ser afetadas, e assim reduzindo a produção mundial e aumentar a demanda de importação de grãos. O efeito "gafanhotos" é polemico, porque normalmente não afeta questões macros e tem apenas influencia localizada. No entanto desta vez, a especulação pode ser maior devido a extensão do problema. Muitos países Africanos não vêem uma praga dessas ha 25 anos, e para alguns é o pior ataque em 70 anos”, diz Cachia.

Tags:
Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário