Milho: Chicago opera em queda nesta 6ª feira e cereal acompanha baixa das demais commodities

Publicado em 06/03/2020 10:07 280 exibições

LOGO nalogo

Nesta sexta-feira (6), segue o movimento negativo entre os preços do milho na Bolsa de Chicago. Os futuros do cereal, por volta de 9h40 (horário de Brasília), perdiam entre 1,75 e 2,50 pontos nos principais vencimentos, levando o maio a US$ 3,79 e o julho a US$ 3,81 por bushel. 

O mercadoa acompanha as perdas das demais commmodities - agrícolas e demais - que caem de forma expressiva nesta sexta, lideradas petróleo, que recua mais de 4% somente na Bolsa de Nova York. As notícias ligadas ao coronavírus seguem no foco das análises e preocupam os traders no mundo todo. 

"Os mercados de grãos, como todos os mercados do mundo, continuam a avaliar a situação do coronavírus em todo o mundo. Embora os novos números de oferta e demanda sejam divulgados em breve pelo USDA, os mercados continuam focados na disseminação do vírus", dizem os analistas da consultoria internacional Allendale, Inc.

Além das questões macroeconômicas, as cotações do milho na Bolsa de Chicago são pressionadas ainda pela demanda fraca pelo cereal norte-americano. Em toda a temporada, as vendas externas dos EUA somam 26.642,1 milhões de toneladas no acumulado, contra mais de 40 milhões do ano comercial anterior. 

Veja como fechou o mercado nesta quinta-feira:

>> Com forte suporte do dólar, preços do milho têm novas altas na B3 nesta 5ª feira 

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário