Milho: Chicago opera em baixa para as cotações nesta terça-feira

Publicado em 24/03/2020 12:00 e atualizado em 24/03/2020 16:53
159 exibições
Estados americanos em quarentena reduzem uso do etanol de milho

LOGO nalogo

Os preços internacionais do milho futuro seguem se desvalorizando na Bolsa de Chicago (CBOT) nesta terça-feira (24). As principais cotações registravam perdas entre 3,25 e 3,75 pontos por volta das 11h41 (horário de Brasília).

O vencimento maio/20 era cotado à US$ 3,40 com queda de 3,25 pontos, o julho/20 valia US$ 3,45 com baixa de 3,75 pontos, o setembro/20 era negociado por US$ 3,51 com desvalorização de 3,75 pontos e o dezembro/20 tinha valor de US$ 3,60 com perda de 3,75 pontos.

A queda na demanda pelo etanol de milho americano segue pesando no mercado internacional de milho e provocando perdas nas cotações futura da Bolsa de Chicago. De acordo com o site internacional Barchart, o milho de maio caiu 22 centavos de sexta a sexta-feira passada.

“Os estados com pedidos obrigatórios de estadia em casa estão reduzindo muito o uso de combustível (e, portanto, etanol)”, destaca a publicação.

B3

Já a bolsa brasileira registra movimento inverso e opera com leves altas para os preços do milho futuro com ganhos entre 0,09% e 0,61% por volta das 11h29 (horário de Brasília).

O vencimento maio/20 era cotado à R$ 49,15 com alta de 0,61%, o julho/20 valia R$ 46,27 com ganho de 0,15%, o setembro/20 era negociado por R$ 43,80 com estabilidade e o novembro/20 tinha valor de R$ 46,25 com valorização de 0,09%.

Tags:
Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário