Câmbio dando sustentação aos preços do milho no país

Publicado em 02/07/2020 08:39 193 exibições

A colheita do milho de segunda safra está avançando no país.

Em Mato Grosso 31,6% da área plantada foi colhida até o dia 26/6, o que representou um aumento de 15,2 pontos percentuais na semana, segundo os dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA).

No Paraná, as chuvas dificultaram a colheita, com isso, houve acréscimo de 1,0 ponto percentual na área colhida em uma semana, chegando a 5,0% até o dia 29/6, de acordo com o Departamento de Economia Rural (Deral).

Apesar do aumento na oferta de milho no país, os preços no mercado brasileiro estão firmes com suporte das recentes valorizações do dólar frente ao real.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, a saca de 60kg de milho está cotada em R$50,50 na região de Campinas-SP, alta de 3,1% em sete dias.

Para o curto e médio prazos, o avanço da colheita e o aumento da disponibilidade interna são fatores de baixa para as cotações no mercado interno, mas cabe atenção ao clima, ao câmbio e a demanda pelo cereal.

Tags:
Fonte:
Scot Consultoria

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário