Cotações do milho na B3 continuam acompanhando movimentações do dólar

Publicado em 08/07/2020 11:48 e atualizado em 08/07/2020 17:02 319 exibições
CBOT se movimenta pouco nesta quarta-feira

LOGO nalogo

Os preços futuros do milho contabilizavam perdas na Bolsa Brasileira (B3) nesta quarta-feira (08). As principais cotações registravam movimentações negativas entre 0,42% e 0,78% por volta das 11h35 (horário de Brasília).

O vencimento julho/20 era cotado à R$ 49,85 com desvalorização de 0,78%, o setembro/20 valia R$ 47,57 com baixa de 0,42%, o novembro/20 era negociado por R$ 49,41 com queda de 0,76% e o janeiro/21 tinha valor de R$ 50,45 com estabilidade.

Os contratos futuros do cereal na B3 seguem as movimentações cambiais nesta quarta-feira. Por volta das 11h41 (horário de Brasília), o dólar caia 0,32% e era cotado à R$ 5,36.

Mercado Externo

Já os preços internacionais do milho futuro registravam poucas movimentações e em campo misto na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam flutuações entre 0,25 pontos negativos e 1,00 ponto positivo por volta das 11h32 (horário de Brasília).

O vencimento julho/20 era cotado à US$ 3,44 com baixa de 0,25 pontos, o setembro/20 valia US$ 3,44 com valorização de 1,00 ponto, o dezembro/20 era negociado por US$ 3,52 com alta de 0,25 pontos e o março/21 tinha valor de US$ 3,63 com elevação de 0,25 pontos.

Segundo informações do site internacional Farm Futures, a chuva na previsão aumentou as perspectivas de produção do cereal nos Estados unidos esta manhã e mexeu com as cotações na CBOT.

A publicação destaca ainda que os relatórios de área cultivada da semana passada deram aos produtores de milho uma chance de otimismo de que os contratos possam chegar aos US$ 4,00.

Tags:
Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário