B3 estende força dos futuros do milho para começo da semana

Publicado em 20/07/2020 11:52 e atualizado em 20/07/2020 17:02 471 exibições
Chicago cai nesta 2ªfeira de olho no USDA

LOGO nalogo

Os preços futuros do milho seguem subindo na Bolsa Brasileira (B3) ao longo desta segunda-feira (20). As principais cotações registravam movimentações positivas entre 0,02% e 0,71% por volta das 11h42 (horário de Brasília).

O vencimento setembro/20 era cotado à R$ 47,85 com elevação de 0,02%, o novembro/20 valia R$ 49,35 com valorização de 0,71% e o janeiro/21 tinha valor de R$ 50,70 com alta de 0,40%.

De acordo com a análise da Agrifatto Consultoria, a força do dólar e da CBOT no final da última semana ajuda a sustentar o cereal no campo positivo. O avanço forte da colheita da segunda safra brasileira também segue no radar das cotações.

Mercado Externo

Já os preços internacionais do milho futuro mantêm seu caminho de queda na Bolsa de Chicago (CBOT) neste primeiro dia da semana. As principais cotações registravam movimentações negativas entre 5,25 e 6,75 pontos por volta das 11h38 (horário de Brasília).

O vencimento setembro/20 era cotado à US$ 3,26 com desvalorização de 6,75 pontos, o dezembro/20 valia US$ 3,33 com queda de 6,75 pontos, o março/21 era negociado por US$ 3,44 com perda de 5,75 pontos e o maio/21 tinha valor de US$ 3,50 com baixa de 5,25 pontos.

Segundo informações do site internacional Farm Futures, a queda nos preços da energia, em meio a preocupações com o aumento de casos de Coronavírus em todo o mundo, trouxe perdas para o milho nesta manhã.

Por outro lado, o clima quente no fim de semana pode ameaçar corroer as condições favoráveis ​​depois que a safra de milho dos Estados Unidos sofreu um golpe de 2% na semana passada, atingindo 69% de bom a excelente para a semana que terminou em 12 de julho.

Tags:
Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário