Cotação do milho na B3 subiu mais de 18% em agosto

Publicado em 01/09/2020 09:32 e atualizado em 01/09/2020 11:59 422 exibições
Chicago abre a 3ªfeira em baixa de olho no clima

LOGO nalogo

A terça-feira (01) começa com os preços futuros do milho em campo misto na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações registravam movimentações positivas entre 0,67% negativo e 0,15% positivo por volta das 09h28 (horário de Brasília).

O vencimento setembro/20 era cotado à R$ 60,73 com elevação de 0,15%, o novembro/20 valia R$ 60,29 com perda de 0,10%, o janeiro/21 era negociado por R$ 60,11 com desvalorização de 0,32% e o março/21 tinha valor de R$ 58,11 com baixa de 0,67%.

Os ganhos da Bolsa Brasileira seguem aparecendo após os contratos do cereal brasileiro acumularem grandes altas durante o mês de agosto. Nos últimos 30 dias, o contrato setembro/20 subiu 18,90%, o novembro/20 aumentou 16,28%, o janeiro/21 se elevou 14,86% e o março/21 cresceu 11,53%.

Mercado Externo

Já os preços internacionais do milho futuro abriram a terça-feira caindo na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam movimentações negativas entre 3,00 e 3,50 pontos por volta das 09h17 (horário de Brasília).

O vencimento setembro/20 era cotado à US$ 3,45 com perda de 3,00 pontos, o dezembro/20 valia US$ 3,54 com desvalorização de 3,25 pontos, o março/21 era negociado por US$ 3,64 queda de 3,50 pontos e o maio/21 tinha valor de US$ 3,70 com baixa de 3,25 pontos.

Segundo informações do site internacional Successful Farming, os futuros do milho caíram nas negociações da madrugada, devido às expectativas de que alguma chuva saia do Missouri para o leste de Iowa e o oeste de Illinois.

“Chuvas e tempestades estão se movendo para o sudeste de Iowa e nordeste do Missouri esta manhã, enquanto um sistema de tempestades segue para o norte e oeste”, disse o Serviço Meteorológico Nacional em um relatório.

Ainda assim, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou ontem seu relatório semanal de progresso da safra, que mostrou que as condições caíram semana a semana. A safra de milho dos EUA foi avaliada em 62% como boa ou excelente no domingo, ante 64% na semana anterior.

Relembro como fechou o mercado na última segunda-feira:

>> Preço do milho no Brasil sobe mais nesta 2ªfeira e renova recordes nominais

Tags:
Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário