Safras eleva projeção para milho 20/21 do Brasil a 113,5 mi t, puxada por "safrinha"

Publicado em 15/01/2021 15:15 293 exibições

LOGO REUTERS

A produção de milho do Brasil deverá totalizar 113,463 milhões de toneladas em 2020/21, disse nesta sexta-feira a consultoria Safras & Mercado, elevando sua estimativa frente aos 112,865 milhões de toneladas vistos anteriormente.

A cifra, que representa uma alta de 6,2% em relação ao ano anterior, é puxada por um aumento significativo de 14,3% no volume projetado para segunda safra de milho, a principal do cereal no país, na comparação anual.

Segundo Safras & Mercado, a chamada "safrinha", que é semeada após a colheita de soja, deverá atingir 84,027 milhões de toneladas nesta temporada, versus 73,478 milhões de toneladas no ano passado e projeção anterior de 83,725 milhões de toneladas.

A primeira safra, por sua vez, foi estimada em 19,399 milhões de toneladas, queda de 16,2% frente à temporada anterior. Em sua estimativa prévia, a consultoria via a safra de verão em 19,052 milhões de toneladas.

Principal produtor de grãos do Brasil, Mato Grosso deverá colher uma "safrinha" de 36,54 milhões de toneladas, ante 34,74 milhões de toneladas em 2019/20, de acordo com a projeção de Safras & Mercado.

No total de ambas as safras, o Centro-Sul, que concentra a maior parte da produção de milho do Brasil, será responsável por 103,43 milhões de toneladas, afirmou a empresa.

"A safra das regiões Norte e Nordeste está estimada em 10,036 milhões de toneladas, um pouco abaixo do ano passado, quando foram colhidas 10,193 milhões de toneladas", acrescentou a consultoria em comunicado.

Tags:
Fonte:
Reuters

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário