Milho volta a cair na B3 nesta 4ªfeira após últimas elevações

Publicado em 29/06/2022 09:21
Chicago permanece em alta após números do USDA

Logotipo Notícias Agrícolas

A quarta-feira (29) começa com os preços futuros do milho recuando na Bolsa Brasileira (B3) após fechar o último pregão em alta. As principais cotações caiam por volta de 1% e flutuavam na faixa entre R$ 85,00 e R$ 93,00 por volta das 09h21 (horário de Brasília). 

O vencimento julho/22 era cotado à R$ 85,30 com desvalorização de 1,01%, o setembro/22 valia R$ 87,80 com queda de 0,73%, o novembro/22 era negociado por R$ 90,50 com perda de 0,64% e o janeiro/23 tinha valor de R$ 93,00 com baixa de 0,80%. 

Mercado Externo 

A Bolsa de Chicago (CBOT) abre os trabalhos desta quarta-feira estendendo os ganhos obtidos no pregão de ontem para os preços internacionais do milho futuro.  

Por volta das 09h05 (horário de Brasília), o vencimento julho/22 era cotado à US$ 7,67 com valorização de 7,50 pontos, o setembro/22 valia US$ 6,71 com alta de 2,00 pontos, o dezembro/22 era negociado por US$ 6,62 com ganho de 2,75 pontos e o março/23 tinha valor de US$ 6,67 com elevação de 2,50 pontos. 

Segundo informações da Agência Reuters, os contratos futuros do milho estenderam seus ganhos em Chicago após o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) cortar sua classificação da safra de milho do país em boa a excelente para 67% em seu relatório semanal de progresso da safra, queda de 3 pontos percentuais em relação à semana passada e abaixo da média das estimativas em um relatório da Reuters. 

Relembre como fechou o mercado na última terça-feira: 

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário